Repositório Digital

A- A A+

A formação de educadores em saúde na graduação em enfermagem : concepções dos graduandos

.

A formação de educadores em saúde na graduação em enfermagem : concepções dos graduandos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A formação de educadores em saúde na graduação em enfermagem : concepções dos graduandos
Outro título La formación de educadores en salud en la graduación en enfermería : concepciones de los graduandos concepciones de los graduandos
Outro título The education of health educators in Nursing Undergraduate Courses : the students’ conceptions
Autor Colomé, Juliana Silveira
Orientador Oliveira, Dora Lúcia Leidens Corrêa de
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Educação em enfermagem
Educação em saúde
Enfermagem : Graduação
Promoção da saúde
[en] Health education
[en] Health promotion
[en] Nursing
[en] Nursing education
[es] Educación en enfermería
[es] Educación en salud
[es] Enfermería
[es] Promoción de la salud
Resumo A dissertação analisa a formação de educadores em saúde na graduação em enfermagem segundo as concepções dos graduandos. Trata-se de um estudo exploratório descritivo, estruturado a partir de uma abordagem qualitativa. Os campos de desenvolvimento do estudo foram o Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria - UFSM e o Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS. Foram participantes da pesquisa os graduandos do último semestre dos respectivos cursos. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista semiestruturada e os dados obtidos foram submetidos à análise de conteúdo temática proposta por Minayo. A análise sugere que o preparo do aluno de graduação em enfermagem como educador em saúde é permeado por concepções que mesclam pressupostos tradicionais e pressupostos mais modernos de educação em saúde, sendo que estes últimos permanecem, em sua maioria, somente no campo da retórica. A dificuldade de uma implementação prática destes referenciais ampliados, como o da promoção da saúde, é justificada pelo forte predomínio do saber biomédico neste processo formativo, que se traduz principalmente em experiências curriculares que objetivam instrumentalizar os alunos para ações educativas em saúde preventivistas, pautadas no conhecimento técnico-científico e com ênfase em mudanças individuais de comportamento. A pesquisa traz importantes subsídios para a reflexão sobre a formação de enfermeiros-educadores e evidencia a possibilidade de transformação das práticas destes enfermeiros no contexto da educação em saúde. Esta transformação deve ser orientada no sentido de propor ações educativas em saúde que transcendam o campo da prevenção de doenças e se configurem como estratégias de apoio a indivíduos e grupos para o desenvolvimento de uma postura crítica e propositiva na busca por melhores condições de vida e, conseqüentemente, de saúde.
Resumen La disertación analiza la formación de educadores en salud en la graduación en enfermería según las concepciones de los graduandos. Se trata de un estudio exploratorio descriptivo, estructurado a partir de un abordaje cualitativo. Los campos de desarrollo del estudio fueron el Curso de Graduación en Enfermería de la Universidad Federal de Santa Maria - UFSM y el Curso de Graduación en Enfermería de la Universidad Federal del Rio Grande do Sul - UFRGS. Participaron de la pesquisa los graduandos del último semestre de los respectivos cursos. La recolección de datos se realizó por medio de entrevista semi-estructurada y los datos obtenidos fueron sometidos al análisis de contenido temático propuesto por Minayo. El análisis sugiere que el preparo del alumno de graduación en enfermería como educador en salud es impregnado por concepciones que mezclan presupuestos tradicionales y presupuestos más modernos de educación en salud, siendo que estos últimos permanecen, en su mayoría, solamente en el campo de la retórica. La dificultad de una implementación práctica de estos referenciales ampliados, como el de la promoción de la salud, se justifica por el fuerte predominio del saber biomédico en este proceso formativo, que se traduce principalmente en experiencias curriculares que objetivan instrumentalizar los alumnos para acciones educativas de prevención en salud pautadas en el conocimiento técnico-científico y con énfasis en cambios individuales de comportamiento. La investigación trae importantes subsidios para la reflexión acerca de la formación de enfermeros-educadores y evidencia la posibilidad de transformación de las prácticas de estos enfermeros en el contexto de la educación en salud. Esta transformación debe ser orientada en el sentido de proponer acciones educativas en salud que excedan el campo de la prevención de enfermedades y se configuran como estrategias de apoyo a individuos y grupos para el desarrollo de una postura crítica y de proposición en la búsqueda por mejores condiciones de vida y, a consecuencia, de salud.
Abstract This paper analyzes the education of health educators from Nursing Undergraduate Courses according to the conceptions of the academic students. It is an exploratory descriptive study structured from a qualitative approach. The sites for the development of the study were the Nursing Graduation Course of the Federal University of Santa Maria – USFM and the Nursing Graduation Course of the Federal University of Rio Grande do Sul – UFRGS. The research participants were undergraduate nursing students of the last semester from the respective courses. The data collection was performed by means of semi-structured interview and the obtained data were submitted to the analysis of theme content as proposed by Minayo. The analysis suggests that the preparation of the nursing graduation student as a health educator is permeated by conceptions that mix both traditional and more modern presuppositions on health education while most of the last ones remain in the rhetorical field only. The difficulty for a practical implementation of these enlarged referential topics, like the one of health promotion, is justified by the strong predominance of biomedical knowledge within this educative process that is mainly translated into curriculum experiences that aim at providing the students with instruments for health preventing educative actions based on technical-scientific knowledge and with emphasis on individual behavior changes. The research offers important inputs for the reflection on the education of educator nurses and it evidences that the transformation of these nurses’ health education practices is possible. This transformation must be guided into the direction of proposing health educating actions that transcend the field of diseases prevention and configure as support strategies to individuals and groups for the development of a critical and proposing attitude in the search for better life and health conditions.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/11021
Arquivos Descrição Formato
000604729.pdf (489.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.