Repositório Digital

A- A A+

Existir de crianças com AIDS em casa de apoio sob o olhar da teoria de Paterson e Zderad

.

Existir de crianças com AIDS em casa de apoio sob o olhar da teoria de Paterson e Zderad

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Existir de crianças com AIDS em casa de apoio sob o olhar da teoria de Paterson e Zderad
Outro título Existir en los niños con SIDA en el hogar de apoyo bajo la mirada de la Teoría de Paterson y Zderad
Outro título There in children with AIDS at home support under the look of the Theory of Humanistic Nursing of Paterson and Zderad
Autor Medeiros, Hilda Maria Freitas
Orientador Motta, Maria da Graça Corso da
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Criança institucionalizada
Enfermagem pediátrica
Paterson, Josephine
Síndrome de imunodeficiência adquirida : Criança
Teoria de enfermagem
Zderad, Loretta
[en] Acquired immune deficiency syndrome
[en] Children institutionalized
[en] Humanist theory of nursing
[en] Pediatrics nursing
[es] Enfermage Pediátrica
[es] Ninos instituición
[es] Síndrome de la inmunodeficiencia adquirid
[es] Teoría humanística de enfermage
Resumo Neste estudo, busca-se compreender o existir da criança com aids no mundo da vida de uma Casa de Apoio, sob o olhar da Teoria de Enfermagem Humanística de Paterson e Zderad. Trata-se de uma pesquisa qualitativa com abordagem existencial-fenomenológico-humanística proposta por Paterson e Zderad, tendo como cenário uma Casa de Apoio a Crianças com HIV/aids, na cidade de Santa Maria, Rio Grande do Sul. A Casa abriga crianças portadoras ou não do vírus HIV/aids, as quais são privadas do núcleo da família biológica por seus pais serem portadores do HIV e não terem condições de cuidá-las. O estudo obteve aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa do Centro Universitário Franciscano-UNIFRA. Os participantes da pesquisa foram três crianças com aids, que residem ou já residiram nessa Casa. Para a coleta das informações, utilizaram-se a entrevista fenomenológica e o desenho como recurso, que emergiram quatro unidades de significação: criança mostra que brincar é um modo de estar-melhor; criança se percebe no mundo com os outros; criança visualiza a família como parte do seu existir; criança preocupa-se com o estar-melhor e o vir-a-ser.A interpretação das informações foi fundamentada na Nursology de Paterson e Zderad. Assim, este estudo possibilitou compreenderem-se as necessidades expressas pela criança com aids que vive ou viveu em uma Casa de Apoio, na qual o cuidado de Enfermagem possibilita a criança ser-mais no mundo da vida. Espera-se que este estudo auxilie os cuidadores em saúde e, em especial, em Enfermagem a lançarem um outro olhar para essas crianças, com o intuito de perceberem que, nelas, há um ser humano com sentimentos singulares, que tem potencialidades para vir-a-ser, limitações de não-ser e que necessita do outro para realizar-se no mundo. Por fim, apresentam-se recomendações nas áreas da pesquisa, do ensino, da extensão e do cuidado em Enfermagem.
Resumen En este estudio nosotros buscamos comprender el existir del niño portador de la sida en el mundo del vida de una Casa de Apoyo, bajo la mirada de la Teoría de Enfermage Humanística de Paterson y Zderad. El escenario en que se desarrolló fue el de una Casa de Apoyo para niños con AIV/Sida, en la ciudad de Santa Maria, Río Grande del Sur. La Casa abriga niños, portadoras o no del virus del HIV/Sida, los cuáles acaban por ser privados de la familia biológica una vez que sus padres son portadores del HIV e no tienen condiciones de cuida-los. Los participantes de la encuesta han sido tres niños con Sida y sus familiares, que residen o ya residieron en esa Casa. Para la coleta de las informaciones, fue utilizada la entrevista fenomenológica y la observación. La interpretación de los datos fue fundamentada en la Teoría Humanística de Paterson y Sderad. El estudio obtuvo aprobación del Comité de Ética en Pesquisa. Emergieron cuatro categorías: el niño muestra que brincar es un modo de estar-mejor; el niño que se percibe en el mundo con los otros, habla de sus amiguitos, de su familia, de la escuela y de la Casa de Apoyo como un lugar de cuidados; el niño muestra que la familia hace parte de su existir; las manifestaciones de la enfermedad causan en el niño la preocupación con el estarmejor y con el venir-a-ser. Este estudio posibilitó comprender las necesidades expresas por el niño con Sida que vive o vivió en una Casa de Apoyo, en la cual el cuidado de Enfermage hace el niño ser-más en el mundo de la vida. Sin embargo, se espera que ayude los cuidadores en salud y, en especial, en Enfermage, a tener un mirar diferenciado a eses niños, con el intuito de percibieren que existe un ser humano con sentimientos únicos y singulares, que tienen potencialidades de venir-aser, limitaciones de no-ser y que necesita del otro para realizar-se en el mundo. Como recomendaciones, quedan propuestas en las áreas de la pesquisa, de la enseñanza de la extensión y del cuidado en Enfermage.
Abstract In this study, one searchs to understand existing of the child with AIDS in the worldlife of a House of Support, under the look of the Theory of Humanistic Nursing of Paterson and Zderad. One is about a qualitative research with existentialphenomenological- humanist boarding, having as scene a House of Support the Children with HIV/aids, in the city of Santa Maria, Rio Grande Do Sul. The House shelters carrying children or not of the HIV/aids virus, which finishes being private it nucleus of the biological family for its parents to be carrying of the HIV and not there are conditions to take care of them. The study it got approval of the Committee of Ethics in Research of the University Center Franciscano-UNIFRA. The partners of the research had been three children with AIDS and its familiar ones, that they inhabit or already they had inhabited in this House. For the collection of the information, they had used it phenomenological interview and the drawing as resource, that four units, of unification had emerged: child sample that to play is a way to be-good; child if perceives in the world with the others; child visualizes the family as part of its to exist; child is worried about being-good and come-the-to be. The interpretation of the information was based on the Humanistic Nursology of Paterson and Zderad. Thus, this study it made possible to understand the express necessities for the child with AIDS that lives or lived in a House of Support, in which the care of Nursing makes possible the child to be-more in the world of the life. One expects that this study it assists the cuidadores in health and, in special, in Nursing launching one another look for these children, with intention to perceive that, in them, it has a human being with singular only feelings e, that have potentialities come-the-to be, limitations of not-being and that needs the other to become fullfilled itself in the world. And so, we point to proposals in areas of search, teaching, extension and nursing taking care
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/11023
Arquivos Descrição Formato
000604982.pdf (1.308Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.