Repositório Digital

A- A A+

Adaptação transcultural e validação clínica da Neonatal Skin Condition Score para o português do Brasil

.

Adaptação transcultural e validação clínica da Neonatal Skin Condition Score para o português do Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Adaptação transcultural e validação clínica da Neonatal Skin Condition Score para o português do Brasil
Outro título Cross-cultural adaptation and clinical validation of the Neonatal Skin Condition Score to Brazilian Portuguese
Outro título Adaptación transcultural y validación clínica de la Neonatal Skin Condition Score para el portugués de Brasil
Autor Schardosim, Juliana Machado
Ruschel, Luma Maiara
Motta, Giordana de Cássia Pinheiro da
Cunha, Maria Luzia Chollopetz da
Resumo Objetivo: descrever o processo de adaptação transcultural e validação clínica para uso no Brasil da Neonatal Skin Condition Score. Métodos: trata-se de estudo metodológico de adaptação transcultural, incluindo cinco etapas: tradução inicial, síntese da tradução inicial, retrotradução, avaliação por um Comitê de Especialistas e testagem da versão pré-final e estudo transversal observacional com análise das propriedades psicométricas, utilizando os testes estatísticos de Kappa Ajustado, coeficiente de correlação intraclasse e método de Bland-Altman. Recrutaram-se, aleatoriamente, 38 profissionais para avaliação da clareza do instrumento adaptado e, por conveniência, 47 recém-nascidos internados na Neonatologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, para a validação clínica do instrumento. Resultados: os resultados demonstraram 85% de clareza da escala adaptada. Os testes estatísticos evidenciaram confiabilidades intra e interobservador item a item de moderada a forte e, no escore total de forte a muito forte, houve variação entre os escores atribuídos pelos enfermeiros aos pacientes menor que 2 pontos. Conclusões: a escala foi adaptada e validada para uso no português falado no Brasil. As propriedades psicométricas da Escala de Condição da Pele do Recém-Nascido, versão brasileira do instrumento, apresentaram resultados semelhantes à validação da escala original.
Contido em Revista latino-americana de enfermagem. Ribeirão Preto. Vol. 22, n. 5 (set./out. 2014), p. 834-841
Assunto Dermatologia
Estudos de validação
Higiene da pele
Recém-nascido
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/110261
Arquivos Descrição Formato
000949845.pdf (426.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.