Repositório Digital

A- A A+

Reflexões sobre o exercício autoral em duas traduções de "The nightingale and the rose"

.

Reflexões sobre o exercício autoral em duas traduções de "The nightingale and the rose"

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Reflexões sobre o exercício autoral em duas traduções de "The nightingale and the rose"
Autor Feres, Lilia Baranski
Brisolara, Valéria Silveira
Resumo Este trabalho, ligado ao projeto “Leitor, tradutor, autor: A tradução como leitura e exercício autoral”, objetiva realizar uma análise comparativa de duas traduções da língua inglesa para a língua portuguesa da obra The Nightingale and the Rose, de Oscar Wilde, publicada em 1888: a de Bárbara Heliodora e a de Sigrid Renaux. A evidente diferença entre as traduções instiga à análise das influências que interferem na construção do texto. Este estudo transcende a comparação entre as palavras utilizadas por cada profissional, prevalecendo a análise da relação leitor-tradutor-autor à luz dos conceitos de Obra Aberta, segundo o qual o texto ofereceria diferentes caminhos interpretativos a serem percorridos por cada leitor de forma individual; e de Leitor-Modelo, no qual a criação do texto direcionaria a leitura para uma determinada interpretação e para um leitor específico.
Abstract This study, which is connected to the project “Leitor, tradutor, autor: A tradução como leitura e exercício autoral”, aims at making a comparative analysis of two translations from English to Portuguese of The Nightingale and the Rose, by Oscar Wilde, published in 1888: Bárbara Heliodora’s and Sigrid Renaux’s. The evident differences between the translations encourage the analysis of the influences that interfere in creation of the text. This study goes beyond the comparison between the words each professional used, prevailing the analysis of the reader-translator-author relation in light of The Open Work concept, according to which the text would offer different interpretive paths to be taken by each reader individually; and of the Model Reader concept, according to which the elaboration of the text would direct the reading to a certain interpretation and to a specific reader.
Contido em Translatio : revista do Núcleo de Estudos de Tradução Olga Fedossejeva. Porto Alegre, RS. N. 8 (2014), f. 3-13
Assunto Autoria
Leitura
Tradução
Wilde, Oscar 1854-1900. The nightingale and the rose
[en] Authorship
[en] Model reader
[en] Open work
[en] Reading
[en] Translation
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/110292
Arquivos Descrição Formato
000949984.pdf (279.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.