Repositório Digital

A- A A+

A “Normalidade” : conceito de quantas faces?

.

A “Normalidade” : conceito de quantas faces?

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A “Normalidade” : conceito de quantas faces?
Outro título "Normality" : concept of how many faces?
Autor Freitas, Claudia Rodrigues de
Resumo O presente trabalho tem a intenção de analisar como o conceito de “normalidade”, desdobrado em normal e anormal vem se organizando em nosso tempo, tendo como base o pensamento de Canguilhem e Foucault. A partir da perspectiva teórica de análise reconheço evidências de um processo de biologização do viver que se reatualiza e toma novos contornos nos últimos anos através do processo de medicalização. A medicalização é o dispositivo de controle atual e não se reduz ao ato de prescrever medicação, mas podemos pensá-la também como engrenagem, como máquina que transforma a vida em objeto. Como evidência de análise é descrita uma cena escolar com a intenção de operar com os conceitos trabalhados. A Cena em questão foi colhida no contexto da Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre. O discurso escolar produz modos de agir e de viver na escola, mas toma ação intencional sobre eles?
Abstract This paper is intended to analyze how the concept of “normality”, divided in normal and abnormal, has been taking shape in our time, based on Canguilhem’s and Foucault’s views. By analyzing the theory, I recognize evidence of a process of biologization of life which revisits itself and takes new shapes over the last years through the process of medicalization. Medicalization is the current controlling device and cannot be boiled down to prescribing medication, but we can also think of it as a gear, as a machine that transforms life into objects. As evidence of this analysis, a school situation intended to illustrate the concepts addressed is presented. The aforementioned situation was observed at the Municipal School System of Porto Alegre. Scholastic discourse generates different ways of acting and living in the school, but is it intended to do so?
Contido em Revista educação especial. Santa Maria, RS. Vol. 25, n. 44 (set./dez. 2012), p. 483-498
Assunto Canguilhem, Georges 1904-1995.
Foucault, Michel 1926-1984.
[en] Medicalization
[en] Normality
[en] Special education
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/110314
Arquivos Descrição Formato
000869284.pdf (825.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.