Repositório Digital

A- A A+

Influência da granulometria, da fibra insolúvel e de diferentes fontes protéicas em dietas de frangos de corte

.

Influência da granulometria, da fibra insolúvel e de diferentes fontes protéicas em dietas de frangos de corte

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Influência da granulometria, da fibra insolúvel e de diferentes fontes protéicas em dietas de frangos de corte
Outro título Digestability studies in broilers : effect of diet particle size, protein source and inclusion of insoluble fiber
Autor Noskoski, Ludmila
Orientador Kessler, Alexandre de Mello
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Frango de corte : Dieta
Granulometria
Nutricao animal
Resumo Foram realizados dois experimentos com o objetivo de verificar as inter-relações da granulometria do milho, da inclusão de fibra insolúvel e de diferentes fontes protéicas na dieta (vegetal - VEG e a animal com 10% de inclusão de farinha de vísceras – FV 10%) sobre as características digestivas e o desempenho de frangos de corte macho da linhagem Cobb 500. No primeiro experimento, foi testada a inclusão ou não de 10% de FV, millho com 351 ou 641, um de diâmetro geométrico médio (DGM) e inclusão de 0, 1 e 2% de fibra de trigo purificada e micronizada (FTPM), como fonte de fibra insolúvel. No experimento 2, foram testadas dietas com 0 ou 10% de FV, milho com 412 ou 811, um de DGM e 0 ou 3% de casca de soja (CS) nas granulometrias de 476, 968 ou 1504 μm de DGM, como fonte de fibra insolúvel. No experimento 1, foi observado que animais dos 36 aos 40 dias de idade alimentados com ração composta por DGM 351 um, apresentaram maior digestibilidade da matéria seca (MS) e retenção de proteínas. Para cada 1% de adição de CM, houve prejuízo de 1,876% na digestibilidade da matéria seca. No segundo experimento, foi observado que o consumo foi maior em rações com proteína vegetal; quanto ao balanço de nitrogênio as dietas FV 10% obtiveram maior retenção de proteína. As dietas com FV 10% obtiveram maior digestibilidade da MS. A digestibilidade da FDN foi maior nas dietas com milho a 412 μm de DGM, enquanto a FDA apresentou maior coeficiente de digestibilidade nas dietas com FV 10%. A inclusão de CS afetou positivamente a digestibilidade da FDN e da FDA. Quanto ao tempo de retenção da digesta marcada com Crmordente, foi evidenciada maior retenção das dietas na parte inferior do trato digestório (intestino delgado, ceco e cólon) quando estas contiveram milho moído fino (DGM 412 μm) e FV 10%.
Abstract Two experiments were conducted to study the relationships between corn particle size, inclusion of poultry viscera meal (0% inclusion - VEG and 10% inclusion – VM 10%) and level and type of insoluble fiber in diets for male Cobb 500 broilers, measuring digestive characteristics and performance in metabolism cages. In the first experiment it was tested the inclusion of 0 or 10% VM, corn with 351 or 641 μm mean geometric diameter (MGD) and 0, 1 or 2% of micronized purified wheat fiber (MPWF) as a source of insoluble fiber. In the second experiment the diets tested had 0 or 10% VM, corn with 412 or 811 μm mean geometric diameter and 0 or 3% of soybean hulls (SH) in the following particle sizes: 476, 968 or 1504 μm MGD, as a source of insoluble fiber. In experiment 1 it was observed that broilers from 36 t 40 days of age fed with diets compouded with 351 μm MGD corn showed higher feed dry matter (DM) digestibility, as well of protein retention. For each 1% inclusion of MPWF, diet dry matter digestibility decreased at a rate of 1.876 percentual points. In the second experiment, feed intake was greater with all vegetable diets, but diets with VM showed higher metabolizability of protein. Dry matter digestibility was also improved by the inclusion of 10% VM. NDF digestibility coeficient was higher I the diets with 412 μm MGD corn, whereas the digestibility of ADF was improved in the diets with VM. The SH inclusion also positively affected NDF and ADF digestibilities. The measurement of retention time of digesta of the diets marked with Cr-mordent soybean hulls showed that diets with 10% VM and 412 μm MGD corn had higher retention at the lower part of digestive tract (small intestine, cecum and colon), what is probably related to the digestibility improvements of these traits.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/11045
Arquivos Descrição Formato
000604865.pdf (271.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.