Repositório Digital

A- A A+

Estudos sobre a aplicabilidade da citopatologia no diagnóstico precoce do câncer bucal

.

Estudos sobre a aplicabilidade da citopatologia no diagnóstico precoce do câncer bucal

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudos sobre a aplicabilidade da citopatologia no diagnóstico precoce do câncer bucal
Autor Burzlaff, João Batista
Orientador Rados, Pantelis Varvaki
Co-orientador Saavedra, Carmen Carolina Romero
Data 2007
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Assunto Carcinoma bucal : Diagnostico precoce
Citopatologia
Patologia bucal
[en] Leukoplakia
[en] LOH (loss of heterozigosity)
[en] Oral cancer
[en] Oral cytopathology
[en] Squamous cells carcinoma
[en] Squamous cells carcinoma early diagnosis
Resumo O câncer bucal é uma doença que afeta principalmente homens acima de 40 anos com hábito de fumar e beber. Em geral, esses pacientes têm o diagnóstico da enfermidade realizado tardiamente, acarretando tratamentos complexos, mutilantes e de alto custo tanto financeiro como social e de prognóstico sombrio a ponto do câncer bucal apresentar uma taxa de sobrevida em 5 anos inferior a 50%. O diagnóstico precoce representa uma alternativa importante para alterar esse panorama. Os recursos de que os profissionais da área da saúde, principalmente os cirurgiões-dentistas, dispõem são o diagnóstico clínico de lesões estabelecidas acompanhado da biópsia com exame histopatológico.Outra alternativa para o diagnóstico precoce dos carcinomas espinocelulares ocorre quando estes são precedidos de lesões cancerizáveis. Nas duas últimas décadas, a utilização da citopatologia como método de diagnóstico de danos celulares prévios ao aparecimento de lesões clínicas possibilitou sua utilização em mucosa bucal. Os estudos apresentados tratam especificamente desta aplicação clínica, abordando: a) os aspectos genéticos do câncer bucal; b) a correlação histocitopatológica de lesões cancerizáveis em câncer bucal e na mucosa normal exposta aos carcinógenos; c) a validação das amostras citopatológicas; d) a padronização da técnica de extração de DNA em células esfoliadas da mucosa bucal.
Abstract Oral cancer affects mainly men over 40 years who are exposed to tobacco and alcohol. These patients usually receive a late diagnosis, which results in complex, mutilating treatments with high financial and social costs, poor prognosis, and, therefore, a 5-year survival rate lower than 50%. Early diagnosis is critical to change this situation. The resources currently available to healthcare professionals, particularly dentists, are the clinical diagnosis of lesions and biopsies for histopathologic examination. Another alternative for the early diagnosis of squamous cell carcinomas is the identification of precursor lesions. In the last two decades, cytopathology has been used as a method to diagnose cell damage that precedes the appearance of clinical lesions, and this use can be extended to the oral mucosa. The studies reported here deal specifically with this clinical application, and discuss: A) the genetic factors in oral cancer; B) the cytohistologic correlation of cancer precursor lesions and the normal mucosa exposed to carcinogens; C) the validation of cytopathologic samples; D) the standardization of the technique to extract DNA of cells exfoliated from the oral mucosa.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/11121
Arquivos Descrição Formato
000605467.pdf (323.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.