Repositório Digital

A- A A+

A voz over como instrumento narrativo: narração, repetição e estilo em Berlin Alexanderplatz

.

A voz over como instrumento narrativo: narração, repetição e estilo em Berlin Alexanderplatz

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A voz over como instrumento narrativo: narração, repetição e estilo em Berlin Alexanderplatz
Autor Hack, Arthur Wolff
Orientador Silva, Alexandre Rocha da
Co-orientador Mello, Jamer Guterres de
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Comunicação Social: Habilitação em Jornalismo.
Assunto Berlin Alexanderplatz (Filme). Crítica e interpretação
Narrativa cinematográfica
[en] Fassbinder, Rainer
[en] Narration
[en] New german cinema
[en] Voiceover
Resumo Este trabalho se propõe a analisar a voz over em Berlin Alexanderplatz, filme alemão de 1980 dirigido por Rainer Werner Fassbinder e baseado no livro homônimo de Alfred Döblin. A partir da observação de que essa voz não narra objetivamente o que se passa na história, pretende-se caracterizar como esse artifício se transforma em um instrumento narrativo do filme. Assim, este trabalho está divido em três partes. Na primeira, são feitas contextualizações do Cinema Novo Alemão, movimento dentro do qual filme e diretor se inserem, da obra de Fassbinder e do próprio filme. Esses três eixos trazem discussões tanto sobre o modo de trabalho de Fassbinder, a recepção de Berlin Alexanderplatz e como o movimento a que ambos pertenciam moldou possíveis escolhas estéticas do filme. A segunda parte traz uma abordagem teórica acerca tanto da narrativa como da voz no cinema. Pretende-se aqui mostrar como esses dois temas dialogam entre si e como a voz pode servir como formadora da narrativa cinematográfica. Além disso, essa parte trouxe também questões específicas da voz over no cinema, com o intuito de problematizar seus usos e sua história Por fim, foi analisada a voz over em Berlin Alexanderplatz à luz das discussões realizadas nas primeiras duas partes da monografia. Dividiu-se a análise em quatro categorias, cada uma representativa de um uso dessa técnica na obra. As categorias foram escolhidas tanto por serem recorrentes na narrativa como por se relacionarem entre si. Chegou-se assim a categorias que tratam a voz over como presença etérea, como forma de marcar repetições, como elemento intrusivo e como elemento de estilo narrativo.
Abstract This work proposes an analysis of the voiceover in Berlin Alexanderplatz, German movie of 1980 directed by Rainer Werner Fassbinder and based on the novel by Alfred Döblin. After noticing that such voice does not narrate objectively what happens at the story, the aim here is to characterize this artifice as being an instrument of narration in the film. Thus, the monograph was divided in three parts. In the first, contextualizations are made regarding the New German Cinema, movement in which both director and movie are based upon, the work of Rainer Fassbinder and the movie itself. Those themes bring discussions on the ethos of Fassbinder, the reception of Berlin Alexanderplatz, and how the movement to which both belong shaped esthetical choices in the movie. The second part brings a theoretical approach both on narration and on voice in cinema. Such approach is meant to show how both themes interact with each other, and how voice can mold cinematic narratives. Furthermore, this second part brings as well specific questions of the voiceover on cinema, serving the purpose of problematizing its uses and its history. Lastly, it was analyzed the voiceover in Berlin Alexanderplatz on the ground of the discussions made in the first and second parts. It was divided the analysis in four categories, each one representative of a form of use of the technique in the object of this study. The categories were chosen for being recurrent in the narrative and for having imbrications and relations between them. It was reached, hence, categories that examine the voiceover as ethereal presence, as a way of emphasizing repetitions, as an intrusive element and as a style element.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/111778
Arquivos Descrição Formato
000952781.pdf (1.148Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.