Repositório Digital

A- A A+

Crescimento pós-desmama e taxa de prenhez de novilhas de corte acasaladas aos 18 meses de idade

.

Crescimento pós-desmama e taxa de prenhez de novilhas de corte acasaladas aos 18 meses de idade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Crescimento pós-desmama e taxa de prenhez de novilhas de corte acasaladas aos 18 meses de idade
Outro título Postweaning growth and pregnancy rate of beef heifers mated with 18 months of age
Autor Costa, Eduardo Castro da
Orientador Lopez, Jorge
Co-orientador Barcellos, Julio Otavio Jardim
Data 2006
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Novilha de corte
Novilho de corte
Prenhez
Produção animal
Resumo O objetivo do experimento foi avaliar o efeito da seqüência do ganho de peso diário médio (GDM) sobre o crescimento pós-desmama e prenhez de novilhas de corte aos 18 meses de idade. Os tratamentos foram GDM alto (A), moderado (M) ou baixo (B) nos períodos dos 7 aos12 meses (P12), dos 12 aos 15 meses (P15) e dos 15 aos 18 meses (P18) de idade: BAM; ABB; MMA. Os tratamentos apresentaram mesmos pesos inicial (171 kg) e final (312 kg). Os parâmetros avaliados foram: escore de condição corporal (ECC, escala de 5 pontos), altura da garupa (AG), perímetro torácico (PT), relação peso:altura (PA), espessura de gordura de cobertura na altura da picanha (sítio P8; EGSP8) e taxa de prenhez. Ao fim do P12, os parâmetros avaliados diferiram entre os tratamentos, exceto o parâmetro AG que não diferiu entre os grupos BAM e MMA. Mesmo quando as novilhas não ganharam peso, a AG aumentou no P12, e quanto menor o nível de ganho de peso, maior o efeito sobre a AG e PT, mostrando efeito linear positivo em todos os tratamentos. O ECC não aumentou no P12, mesmo no tratamento com maior ganho de peso. No P12, o efeito linear do ganho de peso sobre a PA foi similar entre os grupos. No final do P18 os tratamentos apresentaram valores semelhantes para AG, PT e PA (P> 0,05). O tratamento BAM que apresentou menor ganho de peso (GP) no P18 que no P15, perdeu 0,38 pontos de ECC, resultando em menor ECC final que nos tratamentos MMA e ABB (P< 0,05). O ganho de AG mostrou pouca relação com o GP no P15 e P18. O efeito do ganho de peso sobre o ganho de PT ocorreu somente no P15, onde a taxa de crescimento foi maior. O ganho de PA sempre respondeu linearmente ao GP e foram altamente correlacionados no P15 e P18. O tratamento MMA apresentou maior (P< 0,05) taxa de prenhez (94%), e os tratamentos BAM (81,5%) e ABB (80%) não diferiram entre si (P> 0,05). A EGSP8 não diferiu entre os tratamentos MMA e BAM (2,19 e 1,96 mm, respectivamente) e foi inferior no tratamento ABB (1,53 mm). O aumento da chance de prenhez foi de 20% para cada 1 cm a mais de PT ao início do acasalamento; 214% para cada 0,5 pontos no ECC ao final do P12; 74% para cada 0,1 kg/cm a mais aos 7 meses de idade; 50 % para cada 10 kg de peso a mais aos 12 ou aos 15 meses de idade, e cada 10 kg a mais no ganho de peso no P12, P15 e P18 resultou em respectivos aumentos de 53%, 54% e 35% na chance de prenhez.
Abstract The purpose of the experiment was to evaluate the effect of sequence of average daily gain (ADG) on postweaning growth and pregnancy of beef heifers at 18 months of age. The treatments were ADG high (H), moderate (M) or low (L) during the periods from 7 to 12 months of age (P12); from 12 to 15 months of age (P15) and from 15 to 18 months of age (P18): LHM; HLL; MMH. The treatments showed the same initial body weight (171 kg) and final body weight (312 kg). The parameters evaluated were body condition score (BCS, 5 point scale), hip height (HH), hearth girth (HG), weight:height ratio (WH), rump fat thickness and pregnancy rate. At the end of the P12, the evaluated parameters differed between treatments, with the exception of hip height parameter between LHM and MMH. Even if the heifers did not showed live weight gain the hip height increased in the P12, and as lower was the live weight gain, as stronger was the influence on the hip height and heart girth, showing positive linear effect for all treatments. The BCS did not increase in the P12, even for the treatment with higher live weight gain. In the P12, the linear live weight gain effect on WH was similar between heifers groups. At the end of P18 the treatments did not differ for hip height, hearth girth and weight:height ratio (P> 0.05). The treatment LHM showed smaller live weight gain in the P18 than in the P15 period and lost 0.38 points of BCS in the P18 period, resulting in smaller final BCS than MMH and HLL treatments (P< 0.05). The HH gain showed a weak relation to live weight gain in the P15 and P18. The live weight gain influence on heart girth gain was observed only in the P15 period, when the growth rate was higher. The WH gain response to live weight gain was always linear and with a high relationship in the P15 and P18. The MMH treatment showed a higher (P< 0.05) pregnancy rate (94 %) and without difference between LHM (81%) and HLL (80%) (P> 0.05). The rump fat thickness did not differ between MMH and LHM treatments (2.19 and 1.96 mm, respectively) and was lower for the treatment HLL (1.53 mm). The increase of pregnancy chance was: 20% for each 1 cm more in the HG in the beginning of mating; 214% for each 0.5 point more in the BCS at the end of P12; 74% for the increase of 0.1 kg/cm in the WH at 7 months of age; 50% for each 10 kg more at 12 or 15 months of age, and the increase of 10 kg in the body weight gain in the P12, P15 and P18 did result in the respective pregnancy chance was 53%, 54% and 35% higher.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/11180
Arquivos Descrição Formato
000595540.pdf (2.509Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.