Repositório Digital

A- A A+

Tecendo memórias : narrativas de lembranças suportadas em costuras e bordados

.

Tecendo memórias : narrativas de lembranças suportadas em costuras e bordados

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Tecendo memórias : narrativas de lembranças suportadas em costuras e bordados
Autor Cappra, Tania Regina
Orientador Morigi, Valdir Jose
Co-orientador Fonseca, Tania Mara Galli
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Museologia: Bacharelado.
Assunto Bordadeiras
Memória
[en] Embroidery
[en] Places of memory
[en] Sewing
[en] Work and life
Resumo Nosso estudo se detém em demonstrar que objetos de costura e bordado operam como lugares de memória e podem ser concebidos como objetos museais. Do ponto de vista da Museologia, perfila-se à concepção de museu como antimonumento e sem espetacularizações, uma vez que busca a memorização de situações cotidianas, de caráter afetivo e memorialístico vivenciadas por mulheres bordadeiras que frequentam o Atelier de Bordado do Hospital Psiquiátrico São Pedro de Porto Alegre. Portadoras ou não de sofrimento mental, as referidas artesãs tecem, em suportes de pano, as memórias de seu percurso existencial e expressam suas habilidades como efeito de uma aprendizagem que lhes foi transmitida de geração em geração. Acredita-se que tal atividade do bordar em um ambiente conjunto se apresenta como possibilidade de autodescobertas subjetivas e de convívio que operam efeitos terapêuticos no plano individual e favorecem, no plano coletivo a construção de uma história não linear e parcial, uma vez que se trata de dar voz e vez à expansão do horizonte de pequenas e anônimas vidas e de sua participação no processo de transmissão do fazer estético. O presente texto apoia-se em autores como Pierre Nora, Stallybrass, Padiglione, Funari e Pelegrini, Walter Benjamin, Gilles Deleuze dentre outros que nos fornecem guias para a construção do objeto e argumentos do presente texto. Apresenta o perfil de uma mulher fictícia, cujos traços reúnem características das bordadeiras-protagonistas de nossa intervenção. Da mesma forma, traz à mostra, seus diários de memórias bordadas e escritas, nos levando a concluir sobre a potência deste dispositivo que, ao acionar memórias, conversas e compartilhamentos de experiências, se coloca tanto como produtor de outros modos de subjetivar e de trabalhar quanto de produção histórica e museológica.
Abstract Our paper focuses on objects that demonstrate sewing and embroidery operate as places of memory and can be designed as museological objects. From the point of view of the Museology profiles to the design of the museum as spectacular anti-monument and without once looking memorizing everyday situations, affective and memoirist character experienced by women embroiderers who attend Atelier de Bordado do Hospital Psiquiátrico São Pedro de Porto Alegre. Suffering from mental distress or not, these artisans weave in cloth holders, the memories of their existential journey and express their skills as a learning effect that they have been handed down from generation to generation. It is believed that such activity embroider in an environment set itself as the possibility of subjective self-discovery and convivial operating therapeutic effects at the individual level and favor, the group plans to build a nonlinear, partial story, since it comes and instead of giving voice to the expansion of small and anonymous lives and their participation in the process of transmission to the aesthetic horizon. This text is supported by authors such as Pierre Nora, Stallybrass, Padiglione, Funari and Pellegrini, Walter Benjamin, Gilles Deleuze and others who provide us guides to the construction of the object and arguments of this text. Presents the profile of a fictional woman, whose features combine traits of the protagonists of our embroiderers intervention. Likewise, brings to the show, her daily embroidered and written memories, leading us to conclude about the power of this device, to trigger memories, conversations and shares experiences arises either as a producer of other modes of subjectivities and work as historical and museological production.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/111880
Arquivos Descrição Formato
000953185.pdf (1.761Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.