Repositório Digital

A- A A+

Estrutura da pastagem nativa e comportamento de pastejo em resposta à oferta de forragem

.

Estrutura da pastagem nativa e comportamento de pastejo em resposta à oferta de forragem

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estrutura da pastagem nativa e comportamento de pastejo em resposta à oferta de forragem
Outro título Native pasture structure and grazing behavior in response to herbage allowance
Autor Thurow, Juliana Muliterno
Orientador Nabinger, Carlos
Co-orientador Carvalho, Paulo Cesar de Faccio
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Bovino
Comportamento animal
Forragem : Oferta
Novilho de corte
Pastagem nativa
Resumo Diferentes níveis de ofertas de forragem podem afetar a estrutura do pasto que, por sua vez, exerce influência sobre o comportamento ingestivo dos bovinos. Com o objetivo de avaliar essa hipótese nas diferentes estações do ano, desenvolveu-se o experimento numa pastagem natural da região fisiográfica da Campanha, na Unidade Fepagro Campanha situada no município de Hulha Negra, RS. Os tratamentos consistiram em níveis de ofertas de forragem (4, 8, 12 e 16% kg de MSVF/100 kg de PV/dia), em um delineamento de blocos completamente casualizados com duas repetições. O método de pastejo foi o contínuo com lotação variável, utilizando a técnica “putand- take”, sendo avaliados a estrutura do pasto e o comportamento ingestivo dos animais. As ofertas de forragem afetaram a freqüência do estrato superior na primavera. Além disso, as freqüências de Sisyrinchium platense, Solidago chilensis, Eryngium horridum, Baccharis trimera, Eupatorium buniifolium e Saccharum trinii diferiram significativamente entre as estações do ano nesse estrato. Já no estrato inferior a freqüência das espécies Sisyrinchium platense, Eragrostis plana, Eryngium horridum e Saccharum trinii e os grupos de espécies das ervas rasteiras, gramíneas, juncáceas e leguminosas também diferiram entre estações. No estrato superior a macega estaladeira apresentou maior freqüência de desfolha no tratamento de 4% de OF, e nas estações de outono e primavera. No estrato inferior houve interação entre as ofertas de forragem e as estações do ano para a porcentagem de Saccharum trinii com desfolha. Ciperáceas e juncáceas apresentaram maior quantidade de plantas desfolhadas no verão. Em relação ao comportamento ingestivo, os tempos de pastejo e de ruminação apresentaram interação entre os tratamentos de oferta de forragem e as estações do ano, havendo diminuição do tempo de pastejo e aumento do tempo de ruminação no outono e na primavera com o incremento da oferta de forragem. O aumento da participação do estrato superior afetou negativamente o tempo de pastejo e positivamente o tempo de ruminação. O aumento na altura média do estrato inferior proporcionou menor tempo de pastejo e maior tempo de ruminação no outono, inverno e primavera. A oferta de forragem altera a composição e freqüência de ocorrência do estrato superior. Ciperáceas e juncáceas, independente do nível de oferta, são altamente consumidas. A altura do estrato inferior é afetada pela oferta de forragem e estação do ano. O comportamento ingestivo está relacionado tanto às ofertas de forragem quanto à estrutura do pasto. O tempo de pastejo apresenta resposta decrescente ao aumento da altura do estrato inferior, como conseqüência do aumento da oferta de forragem.
Abstract Different levels of herbage allowance can affect sward structure which, in turn, influence cattle ingestive behavior. Aiming to evaluate this hypothesis along the different seasons of the year, an experiment was established in natural pasture of the Campaign region, at Fepagro Campaign Unit, Hulha Negra, RS. Treatments consisted of herbage allowances (4, 8, 12 and 16% kg of GLDM/100 kg of PV/day),in a completely randomized block design with two replicates. The grazing method was continuous stocking with variable stocking rate, using the “put-and-take” technique, sward structure and animal ingestive behavior being evaluated. The herbage allowances affected the frequency of the upper stratum in spring. In addition, the frequencies of Sisyrinchium platense, Solidago chilensis, Eryngium horridum, Baccharis trimera, Eupatorium buniifolium and Saccharum trinii had differed significantly among the seasons the year in the upper stratum. The frequency in the inferior stratum of the species Sisyrinchium platense, Eragrostis plana, Eryngium horridum and Saccharum trinii and the groups of species of tripping grasses , grasses, juncáceas and legumes had also differed among seasons. At the upper stratum Saccharum trinii presented greater frequency of defoliation in the 4% treatment, and on autumn and spring seasons. Considering the inferior stratum, an interaction between herbage allowance and the seasons of the year was detected in relation to the percentage of defoliated Saccharum trinii..Ciperáceas and juncáceas presented greater amount of defoliated plants in summer. In relation to the ingestive behavior, grazing and ruminating times presented interaction between the herbage allowance treatments and the seasons of the year, decreasing grazing time and increasing ruminating time in autumn and spring with increasing herbage allowance. The increase in participation of the upper stratum affected grazing time negatively and ruminating time positively. The increase in the average height of the inferior stratum provided lower grazing time and greater ruminating time in autumn, winter and spring The herbage allowance modifies the composition of the upper stratum and its frequency of occurrence. Ciperáceas and juncáceas, independent of the allowance level, are highly consumed. The height of the inferior stratum is affected by herbage allowance and season of the year. The ingestive behavior was related with to either herbage allowance and sward structure. The grazing time presents a decreasing response to the increase of the sward height of the inferior stratum, as a consequence of the increase in herbage allowance.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/11191
Arquivos Descrição Formato
000608739.pdf (667.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.