Repositório Digital

A- A A+

Osseous metaplasia in gliosarcoma : an unusual histologic finding : case report

.

Osseous metaplasia in gliosarcoma : an unusual histologic finding : case report

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Osseous metaplasia in gliosarcoma : an unusual histologic finding : case report
Outro título Metaplasia óssea no gliossarcoma : um achado histológico pouco usual : Relato de caso
Autor Cambruzzi, Eduardo
Pêgas, Karla Lais
Abstract Gliosarcoma (GS) is a malignant neoplasm of the central nervous system that has coexisting glial and mesenchymal components. GSs are rarely related to osseous metaplasia. The authors report a case of GS in a male patient presenting apathy and catatonia. Computed tomography/magnetic resonance imaging showed an expansive process affecting the left frontal lobe. At microscopy, a malignant glioma constituted by highly atypical glial cells intermingled with spindle-shaped cells was identified. The lesion showed areas of necrosis with pseudopalisading formation, focus of osseous metaplasia, and positive immunoexpression of S100, CD99 and vimentin in both elements. Only the sarcomatous component exhibited negative immunoexpression of glial fibrillary acidic protein (GFAP). The diagnosis of GS was then established.
Resumo Gliossarcoma (GS) é uma neoplasia maligna do sistema nervoso central que apresenta coexistência de componentes glial e mesenquimal. Raramente, os GS estão associados à metaplasia óssea. Os autores descrevem um caso de GS em paciente masculino apresentando apatia e catatonia. A tomografia computadorizada e a ressonância magnética mostraram um processo expansivo comprometendo o lobo frontal esquerdo. À microscopia, foi identificado um glioma maligno constituído por células gliais extremamente atípicas entremeadas com células fusiformes. A lesão mostrava áreas de necrose com formação de pseudopaliçada, focos de metaplasia óssea e expressão imuno-histoquímica positiva para S100, CD99 e vimentina em ambos os componentes. Somente o componente sarcomatoso exibiu imunoexpressão negativa para proteína glial fibrilar ácida (GFAP). O diagnóstico de GS foi, então, estabelecido.
Contido em Jornal brasileiro de medicina e patologia laboratorial. Rio de Janeiro. Vol. 50, n. 2 (abr. 2014), p. 159-164
Assunto Glioblastoma
Gliossarcoma
Neoplasias encefálicas
[en] Brain neoplasms
[en] Central nervous system neoplasms
[en] Glioblastoma
[en] Gliosarcoma
[en] Pathology
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/111919
Arquivos Descrição Formato
000928908.pdf (320.7Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.