Repositório Digital

A- A A+

A presença de metástases em linfonodos regionais está associada ao tamanho tumoral e profundidade de invasão no adenocarcinoma gástrico esporádico

.

A presença de metástases em linfonodos regionais está associada ao tamanho tumoral e profundidade de invasão no adenocarcinoma gástrico esporádico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A presença de metástases em linfonodos regionais está associada ao tamanho tumoral e profundidade de invasão no adenocarcinoma gástrico esporádico
Outro título The presence of metastases in regional lymph nodes is associated with tumor size and depth of invasion in sporadic gastric adenocarcinoma
Autor Cambruzzi, Eduardo
Azeredo, Andreza Mariane de
Kronhardt, Ardala
Foltz, Katia Martins
Zettler, Claudio Galleano
Pêgas, Karla Lais
Resumo Racional: O adenocarcinoma gástrico é encontrado mais frequentemente em homens acima de 50 anos sob a forma de lesão antral. A neoplasia apresenta características histopatológicas heterogêneas e prognóstico ruim (sobrevida média de 15% em cinco anos). Objetivo: Estimar a relação entre a presença de metástases nodais e demais fatores prognósticos no adenocarcinoma gástrico esporádico. Método: Foram avaliados 164 casos consecutivos de adenocarcinoma gástrico previamente submetidos à gastrectomia (parcial ou total), sem evidências clínicas de metástase à distância, sendo determinadas as seguintes variáveis: topografia da lesão, tamanho tumoral, configuração macroscópica segundo Borrmann, grau histológico, lesão precoce ou avançada, subtipo histológico segundo Lauren, presença de células em anel de sinete, grau de invasão, status dos linfonodos perigástricos, invasão angiolinfática/perineural e estadiamento. Resultados: Foram encontradas 21 lesões precoces (12,8%) e 143 avançadas (87,2%) com predomínio de lesões T3 (n=99/60,4%) e N1 (n=62/37,8%). O status nodal esteve associado à profundidade de invasão (p<0,001) e tamanho tumoral (p<0,001). O estadiamento esteve relacionado à idade (p=0,048), grau histológico (p=0,003) e presença de células em anel de sinete (p=0,007), invasão angiolinfática (p=0,001) e invasão perineural (p=0,003). Conclusão: No adenocarcinoma gástrico, o envolvimento linfonodal, o tamanho tumoral e a profundidade de invasão são dados histopatológicos associados ao padrão de crescimento/disseminação neoplásico, sugerindo que a dissecção ampla de linfonodos perigástricos seja etapa fundamental no tratamento cirúrgico destes pacientes.
Abstract Background: Gastric adenocarcinoma is more often found in men over 50 years in the form of an antral lesion. The tumor has heterogeneous histopathologic features and a poor prognosis (median survival of 15% in five years). Aim: To estimate the relationship between the presence of nodal metastasis and other prognostic factors in sporadic gastric adenocarcinoma. Method: Were evaluated 164 consecutive cases of gastric adenocarcinoma previously undergone gastrectomy (partial or total), without clinical evidence of distant metastasis, and determined the following variables: topography of the lesion, tumor size, Borrmann macroscopic configuration, histological grade, early or advanced lesions, Lauren histological subtype, presence of signet ring cell, degree of invasion, perigastric lymph node status, angiolymphatic/perineural invasion, and staging. Results: Were found 21 early lesions (12.8%) and 143 advanced lesions (87.2%), with a predominance of lesions classified as T3 (n=99/60, 4%) and N1 (n=62/37, 8%). The nodal status was associated with depth of invasion (p<0.001) and tumor size (p<0.001). The staging was related to age (p=0.048), histological grade (p=0.003), and presence of signet ring cells (p = 0.007), angiolymphatic invasion (p = 0.001), and perineural invasion (p=0.003). Conclusion: In gastric cancer, lymph node involvement, tumor size and depth of invasion are histopathological data associated with the pattern of growth/ tumor spread, suggesting that a wide dissection of perigastric lymph nodes is a fundamental step in the surgical treatment of these patients.
Contido em ABCD : arquivos brasileiros de cirurgia digestiva. São Paulo. Vol. 27, n. 1 (jan./mar. 2014), p. 18-21
Assunto Adenocarcinoma
Gastropatias
Metástase linfática
[en] Adenocarcinoma
[en] Pathology
[en] Prognosis
[en] Stomach diseases
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/111921
Arquivos Descrição Formato
000928915.pdf (213.8Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.