Repositório Digital

A- A A+

Atividade antifúngica do óleo essencial de Origanum vulgare frente a Malassezia pachydermatis

.

Atividade antifúngica do óleo essencial de Origanum vulgare frente a Malassezia pachydermatis

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Atividade antifúngica do óleo essencial de Origanum vulgare frente a Malassezia pachydermatis
Outro título Antifungal activity of Origanum vulgare essential oil against Malassezia pachydermatis
Autor Santin, Rosema
Giordani, Claudia
Madrid, Isabel Martins
Matos, Caroline Bohnen de
Freitag, Rogério Antonio
Meireles, Mário Carlos Araújo
Cleff, Marlete Brum
Mello, Joao Roberto Braga de
Resumo Objetivou-se com este estudo avaliar a atividade antifúngica in vitro do óleo essencial de Origanum vulgare frente a isolados clínicos de Malassezia pachydermatis. As folhas secas de O. vulgare foram adquiridas de distribuidor comercial com certificado de qualidade e origem e encaminhadas para extração do óleo essencial e cromatografia. Para realização do teste in vitro, foi utilizada a técnica de microdiluição em caldo (CLSI M27A3) com modificações para fitofármacos e M. pachydermatis. O óleo essencial de orégano foi testado nas concentrações de 28 a 0,87mg/mL diluído em caldo Sabouraud com 1% de tween 80. Todos os isolados foram testados em duplicata. Na análise cromatográfica do óleo essencial, foram identificados 12 compostos, sendo timol, -terpineno e 4-terpineol os compostos majoritários. A CIM e a CFM dos 42 isolados de M. pachydermatis variaram de ≤0,87 a 7mg/mL, com valores de CIM50 e CIM90 de 1,18 e 3,28mg/mL, respectivamente. Com este estudo foi possível concluir que M. pachydermatis é sensível ao óleo essencial de orégano mesmo em concentrações baixas. Dessa maneira, o óleo essencial de orégano apresenta-se como promissor na bioprospecção de novos fármacos para o tratamento das otites e dermatites na clínica de pequenos animais.
Abstract The aim of this study was to evaluate the in vitro antifungal activity of essential oil of Origanum vulgare against clinical isolates of Malassezia pachydermatis. The dried leaves of O. vulgare were purchased from a commercial distributor with certified quality and origin and referred for essential oil extraction and chromatography. The technique for in vitro testing was microdilution (CLSI M27A3) with modifications to phytochemicals and M. pachydermatis. The essential oil of O. vulgare was tested at concentrations from 28 to 0.87mg/mL in Sabouraud broth diluted with 1% of tween 80. All isolates were tested in duplicate. In the chromatographic analysis of the essential oil 12 compounds were identified, and thymol, α-terpinene, 4-terpineol were the major compounds. The MIC and the MFC of the 42 isolates of M. pachydermatis ranged from ≤0.87 to 7mg/mL with MIC50 and MIC90 values of 1.18 and 3.28 mg/mL, respectively. With this study it was concluded that M. pachydermatis is sensible to O. vulgare essential oil even at low concentrations. Thus, the essential oil of O. vulgare is presented as bioprospecting in the promising new drugs for the treatment of otitis and dermatitis in small animal clinic.
Contido em Arquivo brasileiro de medicina veterinaria e zootecnia= Brazilian journal of veterinary and animal sciences. Belo Horizonte. Vol. 66, n. 2 (jan./abr. 2014), p. 367-373
Assunto Antifungicos
Cães
Extratos vegetais
Leveduras
Malassezia
Origanum vulgare
[en] Dog
[en] Oregano
[en] Plant extracts
[en] Susceptibility
[en] Yeasts
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/111931
Arquivos Descrição Formato
000930646.pdf (1.498Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.