Repositório Digital

A- A A+

O processo criativo na aprendizagem das transformações químicas : uma proposta para estudantes construírem novos conhecimentos na educação básica

.

O processo criativo na aprendizagem das transformações químicas : uma proposta para estudantes construírem novos conhecimentos na educação básica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O processo criativo na aprendizagem das transformações químicas : uma proposta para estudantes construírem novos conhecimentos na educação básica
Autor Silva, Daniela Rodrigues da
Orientador Del Pino, Jose Claudio
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde.
Assunto Construção do conhecimento
Ensino e aprendizagem
Ensino médio
Metodologia do ensino
Transformações químicas
[en] Chemical transformations
[en] Learning
[en] Students’ knowledge
[en] Teaching
Resumo Esta tese propõe-se a analisar o processo de construção de conhecimentos de estudantes ingressantes do Ensino Médio, ao participarem de atividades organizadas como uma proposta de ensino e aprendizagem, elaborada a partir de pressupostos considerados fundamentais para o estudo das transformações químicas. Para tanto, está estruturada em quatro capítulos constituídos por três estudos de caso, além da apresentação de um objeto educacional mediado pelo uso do computador para o estudo das transformações químicas. No primeiro capítulo buscou-se a compreensão de dezenove professores de diferentes níveis e modalidades de ensino sobre o que é necessário para que estudantes aprendam química, e como eles entendem a criatividade neste processo, e ainda, quais as características do planejamento e as dificuldades de desenvolvimento das ações elaboradas nas aulas de química. No segundo capítulo, a contação de histórias e a resolução de problemas em lápis e papel são utilizadas para analisar as teorias implícitas de dezessete estudantes do primeiro ano de um curso técnico integrado ao ensino médio, de uma instituição pública de Canoas - RS, a respeito de situações envolvendo transformações químicas. A partir dos resultados obtidos nesses dois estudos de caso, uma Proposta de Ensino e Aprendizagem (PEA) foi elaborada segundo pressupostos que compreendem conceitos, formas de abordagem e estratégias, organizados por meio dos estudos de Pozo (2008), Pozo e Gómez Crespo (2009), Johnstone (2000) e Pozo e Echeverría (1998), com a qual foi desenvolvido o terceiro estudo de caso, realizado com estudantes do primeiro ano do ensino médio de uma escola pública de Porto Alegre - RS. A análise de Conteúdo (BARDIN, 2009) foi utilizada para dar conta do tratamento dos resultados obtidos nos três estudos de caso que constituem esta investigação. Além disso, com os mesmos pressupostos da PEA, adaptados ao contexto de um objeto educacional mediado pelo uso do computador, o PensaQui constitui-se como uma ferramenta para professores diagnosticarem as noções de seus estudantes a respeito das transformações químicas, e ao mesmo tempo, propor o estudo de conceitos fundamentais ligados ao tema. Neste contexto, defende-se a tese de que a compreensão de conceitos fundamentais que estruturam processos envolvendo transformações químicas, foco de estudo ao longo dos três anos do ensino médio, perpassa pela necessidade de tomada de consciência por parte dos estudantes a respeito das diferenças entre suas teorias implícitas, estruturadas basicamente pelo nível macroscópico, e as teorias científicas organizadas a partir de modelos abstratos – nível simbólico e submicroscópico-, possibilitando a mudança conceitual enquanto reestruturação e integração de conhecimentos em função da criação de novos modos de compreender um mesmo fenômeno. Ainda, argumenta-se em favor de que, logo no início do ensino médio os professores criem condições para que seus estudantes representem a matéria como algo descontínuo, utilizando o modelo cinético corpuscular da matéria, e a conservação das propriedades não observáveis, como pressupostos para interpretação das situações em estudo.
Abstract This thesis aims at analyzing how high school first-year students build knowledge by taking part in activities organized as a teaching and learning proposal, designed on the basis of key assumptions to the study of chemical transformations. The study is organized in four chapters, in which three case studies, as well as a computer-mediated educational object designed to the study of chemical transformations are presented. The first chapter seeks to understand a) how nineteen teachers in different levels and teaching modalities view what is needed for students to learn chemistry; b) how they view creativity in this process; c) the characteristics of their lesson plans and d) the difficulties faced throughout practical implementation in chemistry classes. In the second chapter, storytelling and problem solving in pencil and paper are used to analyze the implicit theories that seventeen first-year students in a high school technical course at a public school in Canoas – Rio Grande do Sul have about situations involving chemical transformations. From the results obtained in these two case studies, a Teaching and Learning Proposal (PEA) was elaborated based on concepts, approaches and strategies developed by Pozo (2008), Pozo and Gómez Crespo (2009), Johnstone (2000) and Pozo and Echeverría (1998). This proposal guided the development of the third case study, performed with high school first-year students at a public school in Porto Alegre – Rio Grande do Sul. Content analysis (BARDIN, 2009) was used to process the results obtained in the three case studies. The PensaQui, a computer-mediated educational object based on the same assumptions of the PEA was established as a tool for teachers to access students’ notions about chemical transformations and, at the same time, propose the study of key concepts related to the topic. In this context, it is argued the thesis that to be able to understand such concepts students should be aware of the differences between their implicit theories – structured mainly on the macroscopic level – and scientific theories based on abstract models – symbolic and submicroscopic level –, so that the conceptual change resulting from new forms of understanding the same phenomenon can facilitate the restructuring and integration of knowledge. The arguments presented in this study support the idea that, early in high school, teachers should create conditions for their students to represent matter as something discontinuous by using the corpuscular kinetic model of matter and the conservation of unobservable properties as assumptions to interpret the situations studied.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/112024
Arquivos Descrição Formato
000953872.pdf (6.082Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.