Repositório Digital

A- A A+

Animais não-humanos como sujeitos de direito fundamentos e perspectivas no direito brasileiro

.

Animais não-humanos como sujeitos de direito fundamentos e perspectivas no direito brasileiro

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Animais não-humanos como sujeitos de direito fundamentos e perspectivas no direito brasileiro
Autor Ghilardi, Carolina Machado
Orientador Baggio, Roberta Camineiro
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Direito. Curso de Ciências Jurídicas e Sociais.
Assunto Direito dos animais
Sujeito de direito
[en] Animal rights
[en] Anthropocentrism
[en] Sensocentrism
[en] Speciesism
[en] Subjects of law
Resumo Este trabalho tem o objetivo de discutir o status dispensado aos animais nãohumanos no ordenamento jurídico brasileiro, refletindo a respeito das questões éticas, filosóficas e jurídicas quanto a inclusão destes no âmbito das considerações morais do ser humano. Serão abordadas questões referentes à senciência dos animais nãohumanos, ou seja, a sua capacidade de sofrer e de sentir prazer, a fim de investigar a necessidade de alteração do status atual de objeto, meditando-se acerca da possibilidade do reconhecimento destes como sujeitos de direito. Para isso, primeiro serão estudadas as correntes éticas ambientais denominadas antropocentrismo e sensocentrismo, assim como a tese do especismo e o princípio da igual consideração, defendido pelo filósofo utilitarista Peter Singer, a fim de contextualizar o tema e amparar a problemática jurídica. Em seguida, serão analisados os fundamentos e as perspectivas jurídicas da proteção aos animais não-humanos, a partir do exame de julgados selecionados de diferentes Tribunais de Justiça do Brasil, que entendem como demanda iminente a mudança da coisificação de seres sencientes.
Abstract This paper has the objective of discuss the status accorded to non-human animals in the Brazilian legal system, reflecting about the ethical, philosophical and legal questions about the inclusion of these in the context of moral considerations of human beings. Regarding sentience will address issues of non-human animals, ie their capacity to suffer and feel pleasure, to investigate the need to change the current status object, meditating about the possibility of recognizing these as subjects of law. For this, first will study the environmental ethics currents called anthropocentrism and sensocentrism, as well as the thesis of speciesism and the principle of equal consideration advocated by philosopher Peter Singer utilitarian in order to contextualize the issue and support the legal issue. Then the foundations and legal perspectives of protection to non-human animals will be analyzed from the examination of selected judged different Courts of Appeal of Brazil, who understand how imminent demand changing the thingification of sentient beings.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/112044
Arquivos Descrição Formato
000951106.pdf (310.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.