Repositório Digital

A- A A+

Programa de cirurgia bariátrica de um hospital universitário : tempo de espera para cirurgia e características dos pacientes

.

Programa de cirurgia bariátrica de um hospital universitário : tempo de espera para cirurgia e características dos pacientes

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Programa de cirurgia bariátrica de um hospital universitário : tempo de espera para cirurgia e características dos pacientes
Autor Cezar, Julia Stüker
Orientador Heldt, Elizeth Paz da Silva
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Cirurgia bariátrica
Comorbidade
Obesidade
Resumo A obesidade grave é um problema de saúde pública, decorrente da crescente incidência, do prejuízo social e do impacto negativo na qualidade de vida dos sujeitos com esta condição. Uma das indicações terapêuticas é a cirurgia bariátrica que tem por meta reduzir a morbimortalidade relacionada à obesidade, melhorar a qualidade de vida e minimizar os custos com o tratamento de comorbidades. O presente trabalho tem por objetivo descrever as características demográficas e clínicas de pacientes com obesidade grave encaminhados ao Programa de Cirurgia Bariátrica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e verificar o tempo de ingresso e realização da cirurgia bariátrica. Trata-se de um estudo descritivo com dados sociodemográficos e clínicos que foram coletados do protocolo específico que avalia os critérios de inclusão no programa. O protocolo foi preenchido na primeira consulta de enfermagem durante Janeiro de 2010 a Dezembro de 2013 e foram atualizados com as informações do prontuário em maio de 2014. Foram incluídos 672 pacientes para definir a indicação cirúrgica. Observou-se o predomínio do sexo feminino (n=533; 79,3%) e média (desvio padrão) de idade 42,2 (DP = 1,35) anos, com 127,4kg (DP =25,50) de peso, 1,62cm (DP = 0,09) de altura e IMC = 47,9 kg/m² (DP =8,10). A presença de comorbidades foi frequente, sendo que 496 (73,8%) apresentavam hipertensão arterial sistêmica, 208 (31%) diabetes mellitus tipo 2 e 240 (35,7%) com transtorno mental. Neste período de quatro anos, foi operado um total de 188 (27,9%) pacientes, com média de tempo entre o ingresso e a realização do procedimento de 20,1 (DP=10,33) meses. É possível inferir que as características dos pacientes encaminhados estão de acordo com o descrito na literatura e o tempo até a cirurgia está conforme preconizado. Contudo, os que realizam a cirurgia bariátrica ainda são consideravelmente menores do que a demanda existente.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/112128
Arquivos Descrição Formato
000953364.pdf (574.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.