Repositório Digital

A- A A+

Atividade repelente e inseticida do óleo essencial de carqueja doce sobre o caruncho do feijão

.

Atividade repelente e inseticida do óleo essencial de carqueja doce sobre o caruncho do feijão

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Atividade repelente e inseticida do óleo essencial de carqueja doce sobre o caruncho do feijão
Outro título Insecticide and repellent activity of the essential oil from carqueja doce on bean weevil
Autor Campos, Ahlana C. T. de
Radunz, Lauri L.
Radünz, André L.
Mossi, Altemir J.
Dionello, Rafael Gomes
Ecker, Scheila L.
Resumo Com este trabalho se avaliaram o índice de preferência e o efeito inseticida do óleo de carqueja doce (Baccharis articulata) sobre o caruncho do feijão (Acanthoscelides obtectus). Para a realização do experimento foram utilizados insetos não sexados, com idade entre 20 e 50 dias. O óleo essencial foi extraido da parte aérea da planta pelo método de hidrodestilação. O experimento foi conduzido conforme o delineamneto inteiramente casualizado, com 6 repetições, em esquema fatorial 6 x 3 e 6 x 7 (dose x tempo), respetivamente, para repelência e para atividade inseticida. Os testes de repelência e da atividade inseticida foram realizados com as doses de 0, 10, 20, 30, 50 e 100 μL de óleo essencial em 20 g de grãos de feijão sendo a avaliação realizada depois de transcorridas 24, 48 e 72 h para a repelência e após 1, 6, 12, 24, 48, 72 e 96 h para a atividade inseticida. Os resultados demonstram que a dosagem, o tempo de exposição e a interação tiveram efeito significativo na mortalidade dos insetos. Em relação à dosagem, seu aumento proporcionou incremento logaritmico na taxa de mortalidade sendo verificada, na dose aproximada de 52 μL, a morte de 90% dos insetos. O tempo de exposição de 35 h provocou a morte de 90% dos insetos. Também, foi observado efeito repelente do óleo essencial nas dosagens e tempos de exposição estudados.
Abstract The present study evaluated the preference index and insecticidal effect of oil “Carqueja doce” (Baccharis articulata) on the bean weevil (Acanthoscelides obtectus). For the experiment, insects not sexed aged between 20 and 50 days were used. The essential oil was extracted from the aerial parts of the plant by the hydrodistillation method. The experiment was conducted in a completely randomized design with 6 replications in a factorial scheme 6 x 3 and 6 x 7 (dose x time), respectively, for preference index and insecticidal effect. Tests of repellency and insecticidal activity were conducted with doses of 0, 10, 20, 30, 50 and 100 μL of essential oil in 20 g of beans, being the evaluation carried out after 24, 48 and 72 h for repellency and after 1, 6, 12, 24, 48, 72 and 96 h for the insecticidal activity. The results showed that the dose, exposure duration and interaction had significant effect on insect mortality. Regarding the dose, the logarithmic increase in the mortality rate was produced by the increase in dose, with an approximately 52 μL dose which recorded death in 90% of the insects. The exposure time of 35 h caused the death of 90% of insects. Also, the essential oil repellent effect was observed at doses and exposure times studied.
Contido em Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande. Vol. 18, n.8 (ago. 2014), p. 861-865
Assunto Bioinseticidas
Feijao
[en] Biopesticide
[en] Phaseolus vulgaris
[en] Storage
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/112133
Arquivos Descrição Formato
000932643.pdf (176.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.