Repositório Digital

A- A A+

Biovolume de cianobactérias e algas de reservatórios tropicais do Brasil com diferentes estados tróficos

.

Biovolume de cianobactérias e algas de reservatórios tropicais do Brasil com diferentes estados tróficos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Biovolume de cianobactérias e algas de reservatórios tropicais do Brasil com diferentes estados tróficos
Outro título Biovolume of Cyanobacteria and algae from Brazilian tropical reservoirs with different trophic status
Autor Fonseca, Barbara Medeiros
Ferragut, Carla
Tucci, Andrea
Crossetti, Luciane Oliveira
Ferrari, Fernanda
Bicudo, Denise de C.
Sant`anna, Celia Leite
Bicudo, Carlos Eduardo de Mattos
Resumo (Biovolume de cianobactérias e algas de reservatórios tropicais do Brasil com diferentes estados tróficos). O presente estudo visou apresentar o biovolume de cianobactérias e algas fitoplanctônicas e perifíticas de reservatórios com diferentes estados tróficos do Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, São Paulo, SP, Brasil. O estudo inclui uma proposta para determinação do biovolume de formas coloniais de Cyanobacteria como, por exemplo, Microcystis e Sphaerocavum. A lista de biovolume auxiliará os estudos sobre ecologia de algas, permitindo a aplicação dessa informação em trabalhos nessa área de estudo, além de servir de modelo comparativo em outros ecossistemas de região tropical. A lista inclui o biovolume de 568 táxons, incluindo informações sobre suas respectivas classes taxonômicas, máxima dimensão linear e razão superfície/volume.
Abstract (Biovolume of Cyanobacteria and algae from Brazilian tropical reservoirs with different trophic status). The present study aimed at presenting the biovolume of planktonic and periphytic cyanobacteria and algae from reservoirs with different trophic status at Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, São Paulo, São Paulo State, Brazil. The study includes a proposal for determining the biovolume of colonial forms of Cyanobacteria such as Microcystis and Sphaerocavum. The list of biovolume will contribute to algal ecology studies, allowing the application of this information to research in this area of knowledge, besides serving as a comparative model for other tropical ecosystems. The list comprises the biovolume of 568 taxa, including information on their taxonomic classes, maximum linear dimension and surface/volume ratio.
Contido em Hoehnea. Vol. 41, n. 1, (mar. 2014), p. 9-30
Assunto Algas
Estudos quantitativos
Ficoperifiton
Fitoplâncton
[en] Phycoperiphyton
[en] Phytoplankton
[en] Quantitative studies
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/112134
Arquivos Descrição Formato
000932794.pdf (1.490Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.