Repositório Digital

A- A A+

Identificação da dinâmica espaço-temporal para estimar área cultivada de soja a partir de imagens MODIS no Rio Grande do Sul

.

Identificação da dinâmica espaço-temporal para estimar área cultivada de soja a partir de imagens MODIS no Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Identificação da dinâmica espaço-temporal para estimar área cultivada de soja a partir de imagens MODIS no Rio Grande do Sul
Outro título Identification of the spatial and temporal dynamics for estimating soybean crop area from MODIS images in the Rio Grande do Sul, Brazil
Autor Santos, Juliana Silveira dos
Fontana, Denise Cybis
Silva, Thiago S.F.
Rudorff, Bernardo Friedrich Theodor
Resumo Com este trabalho propõe-se definir um método para estimar a área cultivada de soja na região norte do Rio Grande do Sul. Foram propostos seis métodos baseados no perfil espectro-temporal e de valores mínimos e máximos de imagens NDVI/MODIS referentes às etapas de semeadura, máximo desenvolvimento e colheita das áreas de soja. As estimativas obtidas foram comparadas com dados oficiais do IBGE a partir de análises estatísticas e da análise espacial fuzzy. Os resultados indicaram que estimativas agrícolas satisfatórias são dependentes de características como o tamanho, o tipo de manejo e a época de plantio e de colheita das lavouras. Para todos os métodos avaliados foram obtidos valores de coeficientes de determinação e da análise fuzzy superiores a 0,8 e 0,45, respectivamente. O método limiar empírico aplicado à imagem diferença com inclusão do final de ciclo, gerou estimativas iguais às dos dados oficiais do IBGE, característica que ressalta a utilização deste método em programas operacionais de previsão de safras. Para análises espaciais recomenda-se a aplicação do método Classificação de imagens multitemporais que gerou um mapa de melhor qualidade. A eficiência dos métodos deve ser avaliada em áreas de expansão de soja no Estado.
Abstract The objective of this study was to define a method for estimating soybean crop area in the Northern Rio Grande do Sul state (Brazil). Overall, six different remote sensing methods were proposed based on spectral-temporal profile and minimum and maximum values of NDVI/MODIS related to the stages of sowing, maximum development and harvesting of soybean areas. The resulting estimates were compared to official crop area data provided by the Brazilian government, using statistical analysis and the fuzzy similarity method. The performance of each method depended on information such as crop size, type of crop management, and sowing/harvesting dates. Regression coefficients of determination and fuzzy agreement values were above 0.8 and 0.45, respectively, for all methods. For operational monitoring of soybean crop area, the empirical threshold applied to the image difference with inclusion of harvest image method was the most effective, producing estimates that matched closely the official data. For spatial analysis the application of multitemporal images classification method is recommended that generated a map of better quality. The efficiency of these methods should be evaluated in the areas of soybean expansion in the state.
Contido em Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande. Vol. 18, n.1 (jan. 2014), p. 54-63
Assunto Sensoriamento remoto
Soja
[en] crop yield predictive
[en] Multitemporal imagery
[en] Phenology
[en] remote sensing
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/112146
Arquivos Descrição Formato
000930999.pdf (1.400Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.