Repositório Digital

A- A A+

Os livros como referência nos trabalhos de conclusão de curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul: uma análise de citações

.

Os livros como referência nos trabalhos de conclusão de curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul: uma análise de citações

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os livros como referência nos trabalhos de conclusão de curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul: uma análise de citações
Autor Puttfarcken, Teodoro Wilhelm
Orientador Caregnato, Sonia Elisa
Co-orientador Machado, Geraldo Ribas
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Biblioteconomia.
Assunto Análise de citação
Bibliometria
[en] Bibliometrics
[en] Citation analysis
[en] Final paper
[en] Librarianship formation
Resumo O livro, foco deste estudo, atua ao lado de diversos outros suportes de comunicação, resultados do desenvolvimento tecnológico e temporal, todos com o objetivo de disseminar a informação. Apesar de cada tipo de documento ter características próprias, a evolução digital trouxe consigo o formato eletrônico e assim a possibilidade de que alguns suportes físicos, como o livro, não tivessem o mesmo uso de outrora. Assim, surgiu a hipótese de que talvez o livro venha sendo cada vez menos utilizado do que tantos outros veículos de comunicação científica. O livro eletrônico passa por situação semelhante, porém, sua pouca presença pode se dar muitas vezes pela dificuldade ao acesso a livros digitais. De forma especifica, este estudo procurou identificar a frequência do livro como citação, observar a presença do livro em relação à área da Biblioteconomia, apontar os autores mais citados e analisar o uso do livro como referência em relação aos demais tipos de suporte do conhecimento científico em meio eletrônico. Os dados coletados foram extraídos das listas de referência das monografias e reunidos numa planilha Excel. Os resultados mostram que o livro e Capítulo de livro nacional é o tipo de documento mais utilizado com 1834 citações (36,99%); os 24 autores mais citados representam 21,13% do total de citações, sendo que Antonio Carlos Gil é o autor mais citado (2,63%), seguido por Marina de Andrade Marconi (1,88%) e Eva Maria Lakatos (1,84%), todos autores de textos relativos a Metodologia Científica; a área Ciências Sociais Aplicadas obteve a maior incidência de citações de livros (47,44%), seguida pelo campo Biblioteconomia (27,11%), e pelo assunto Metodologia Científica (16,48%); os documentos eletrônicos são amplamente utilizados pelos alunos com percentual de 42,47%, enquanto livros e capítulos de livros em meio eletrônico representaram apenas 1,49% dos documentos citados. Esse estudo proporcionou um panorama das fontes de informação nas quais os alunos se baseiam para a produção de seus trabalhos de conclusão de curso, principalmente sobre o documento livro, objeto principal deste estudo. Identificando também características e tendências de citação.
Abstract The book, focus of this study, works alongside many other communication supports, results of technological and temporal development, all with the aim of disseminating information. Despite each type of document has its own characteristics, the digital evolution brought with it the electronic format and thus the possibility that some physical supports, like the book, wouldn't have the same use as before. Thus, came up the hypothesis that maybe the book is being increasingly less used than many other scientific communication vehicles. The e-book goes through a similar situation, however, his little presence can often ocurr by the difficulty of access to digital books. In specific form, this study sought to identify the frequency of the book as a citation, observe the book’s presence in relation to the area of librarianship, point the most cited authors and analyze the use of the book as a reference in relation to other types of scientific knowledge support in electronic means. The data was extracted from the reference lists of monographs and gathered in a excell spreadsheet. The results show that Book and National Book Chapter is the most used type of document with 1834 citations (36.99%); the 24 most cited authors represent 21.13% of total citations, and Antonio Carlos Gil is the most cited author (2.63%), followed by Marina de Andrade Marconi (1.88%) and Eva Maria Lakatos (1,84%), all authors of Scientific Methodology related texts; the Social and Applied Sciences had the greatest incidence of book’s quotations (47.44%), followed by the field related to Librarianship (27.11%), and by the Scientific Methodology subject (16.48%); electronic documents are widely used by students with percentage of 42.47%, while “books and book chapters” on electronic means represented only 1.49% of the cited documents. This study provides an overview of information sources in which students are based for the production of their final papers, particularly about the book document, the main object of this study. Also identifying characteristics and citation trends.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/112157
Arquivos Descrição Formato
000953140.pdf (477.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.