Repositório Digital

A- A A+

Development of the self-regulatory scale in work-related interactions

.

Development of the self-regulatory scale in work-related interactions

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Development of the self-regulatory scale in work-related interactions
Outro título Desenvolvimento da escala de reguladores do self em interações sociais no trabalho (WR-SRPS)
Autor Rosa, Aline MariaTonetto da
Oliveira, Manoela Ziebell de
Machado, Wagner de Lara
Gomes, William Barbosa
Abstract Social interactions at work require constant monitoring of skills and self attributes to help individuals adapt to contextual demands. Four self-regulatory processes (SRPs) are responsible for such adjustment: self-enhancement (SE), self-verifi cation (SV), self-assessment (SA) and self-improvement (SI). This study introduces a measure of the SRPs in typical social interactions with peers and supervisors at work – the Work- Related Self-regulatory Process Scale (WR-SRPS). An exploratory (268 professionals, 59.5% women) and another confi rmatory study (205 participants, 56.6% women) were conducted. Results show that the scale evaluates SE, SA and SI satisfactorily. Additionally, they indicate the need of different versions of the WR-SRPS to evaluate the relationship with peers and supervisors. Despite the limitations, results demonstrate that it is a promising measure to assess SRPs at work.
Resumo Interações sociais no trabalho requerem monitoramento constante de habilidades e atributos do self para auxiliar na adaptação dos individuos às exigências contextuais. Quatro processos reguladores do self (SRPs) são responsáveis por tal ajuste: positividade (SE), confi rmação (SV), avaliação (SA) e aprimoramento (SI). O estudo introduz uma medida desses SRPs na interação com colegas e supervisores: Escala de reguladores do self em interações sociais no trabalho (WR-SRPS). Foram realizados um estudo exploratório (268 profi ssionais, 59.5% mulheres) e um confi rmatório (205 profi ssionais, 56,6% mulheres). Os resultados mostram que a escala avalia SE, SA e SI satisfatoriamente e indicam a necessidade de diferentes versões da WR-SRPs para avaliar relações com colegas e supervisores. Apesar dessas limitações, a medida é promissora para avaliar SRPs no trabalho.
Contido em Psicologia : reflexão e crítica. Porto Alegre. Vol. 27, n.2 (jul./jun. 2014), p. 308-316.
Assunto Relações de trabalho
Self (Filosofia)
[en] Scale
[en] Self-regulatory processes
[en] Work relationships
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/112179
Arquivos Descrição Formato
000936707.pdf (110.0Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.