Repositório Digital

A- A A+

Tessituras da temática information literacy: análise bibliométrica e de conteúdo em artigos científicos empíricos da Austrália, Canadá, Estados Unidos e Inglaterra (2000-2013)

.

Tessituras da temática information literacy: análise bibliométrica e de conteúdo em artigos científicos empíricos da Austrália, Canadá, Estados Unidos e Inglaterra (2000-2013)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Tessituras da temática information literacy: análise bibliométrica e de conteúdo em artigos científicos empíricos da Austrália, Canadá, Estados Unidos e Inglaterra (2000-2013)
Autor Silva, Geise Ribeiro da
Orientador Caregnato, Sonia Elisa
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Biblioteconomia.
Assunto Competência informacional
Comunicação científica
[en] Information literacy
[en] Information skills
[en] Scientific communication
Resumo Este trabalho objetivou desvendar as configurações da temática information literacy, através da análise dos artigos científicos de aplicação prática. Trata-se de uma pesquisa básica, com delineamento bibliográfico, de método misto. Os artigos científicos investigados são oriundos da Austrália, Canadá, Estados Unidos e Inglaterra, indexados no Web of Science e publicados de 2000 a 2013. O estudo caracteriza-se pela natureza descritiva e exploratória, com aplicação de análise bibliométrica e de conteúdo e pressupondo um percurso estabelecido para o estudo do tema, na perspectiva da autora Christine Bruce (2000). O referencial teórico aborda os temas: comunicação científica e information literacy. A metodologia proposta subdivide-se em quatro etapas, sobre dois corpora de pesquisa, de artigos teóricos e empíricos. O primeiro corpus de pesquisa é formado por 532 artigos sobre o tema e o segundo corpus é formado pelos 350 artigos empíricos que pertenciam ao primeiro corpus. Os resultados indicam os autores com maior número de publicação e sua afiliação, os periódicos preferidos e as respectivas editoras e o crescimento da produção científica ao longo dos anos; o termo original, information literacy, é identificado como o preferido dos pesquisadores, por número de ocorrência, seguido de information literacy skills e information skills; os objetivos dos estudos avaliados variam de acordo com os campos empíricos: a universidade e a escola, o ambiente social e o ambiente profissional, respectivamente; como principais modelos adotados estão o “Modelo do processo de pesquisa de informações”, de Carol Kuhlthau e as “Diretrizes para o desenvolvimento de habilidades informacionais”, da International Federation of Library Associations and Institutions (IFLA). A pesquisa conclui que as práticas de information literacy dos quatro países analisados atingem graus de desenvolvimento maiores do que se tem visto no Brasil, devido aos campos empíricos dos estudos, que atingem mais sujeitos, e do avançado processo de crítica e reflexão sobre o tema, servindo como bons exemplos para muitos outros países.
Abstract The aim of this study is to unravel the settings of information literacy, through the analysis of scientific papers of practical application. This is about a basic research with bibliographic design of mixed methodology. The papers investigated are from Australia, Canada, USA and England, indexed in the Web of Science, and published between 2000 and 2013. The main feature of this study is descriptive and exploratory, applying bibliometric analysis and assuming a path established to study the subject from the perspective of the author Christine Bruce (2000). The theoretical reference addresses the following topics: science communication and information literacy. The proposed methodology is divided into four stages on two corpus of research, both theoretical and empirical articles. The first research corpus is composed of 532 articles on the topic and the second corpus consists of 350 empirical articles and belonged to the first corpus. The results indicate the authors with greater number of publications and their affiliation, preferred journals and their publishers and the growth of scientific production over the years; the original term, information literacy is identified as preferred by researchers, by number of occurrences, followed by information literacy skills and information skills; the goals of the evaluated studies vary according to the empirical fields: the university and the school, the social environment and the professional environment respectively; adopted as the main models are the "Model of information search process," Carol Kuhlthau and the "Guidelines for the development of information literacy", the International Federation of Library Associations and Institutions (IFLA). The research concludes that the information literacy practices of the four countries studied reach levels of development greater than it has been seen in Brazil due to the empirical field of studies, which reach more subjects, and due to the advanced process of review and reflection on the subject, being a good example to many other countries.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/112202
Arquivos Descrição Formato
000953193.pdf (527.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.