Repositório Digital

A- A A+

Expressão diferencial de cDNAs de maças cv. Fuji em resposta à inoculação com os fungos Botryosphaeria dothidea e Penicillium expansum e o tratamento térmico em pós-colheita

.

Expressão diferencial de cDNAs de maças cv. Fuji em resposta à inoculação com os fungos Botryosphaeria dothidea e Penicillium expansum e o tratamento térmico em pós-colheita

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Expressão diferencial de cDNAs de maças cv. Fuji em resposta à inoculação com os fungos Botryosphaeria dothidea e Penicillium expansum e o tratamento térmico em pós-colheita
Outro título Differential display of cv. Fuji cDNA's of apples inoculated after harvest with Botryosphaeria dothidea and Penicillium expansum and heat treatment
Autor Corrent, Adriana Regina
Orientador Bender, Renar João
Co-orientador Moraes, Marcelo Gravina de
Data 2007
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia.
Assunto Maçã : Doença de planta
Maçã : Prática cultural
Pós-colheita
Resumo O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência do tratamento térmico por aspersão de água a 58°C por 30 segundos no controle das podridões em pós-colheita causadas pelos fungos Botryosphaeria dothidea e Penicillium expansum e caracterizar, em nível molecular, interações entre o patógeno B. dothidea e maçãs cv. Fuji, a fim de identificar o efeito do tratamento térmico na indução de genes de resistência. O primeiro trabalho desenvolvido foi o estudo de diferentes métodos de extração de RNA total de maçãs, em três estádios de maturação e em diferentes partes do tecido dos frutos. Maçãs verdes apresentam maior rendimento de RNA quando comparadas com maçãs em senescência e maduras. Dentre os tecidos estudados, a epiderme apresentou maior quantidade de RNA total. Nos trabalhos de expressão gênica diferencial o perfil de expressão de maçãs inoculadas com B. dothidea e não inoculadas foi comparado, através da técnica de Differential Display RT-PCR. Quatrocentos fragmentos de cDNAs diferencialmente expressos foram isolados. Destes, trinta não apresentaram similaridade com nenhuma seqüência depositada no GenBank. Quatorze seqüências foram similares a metalotioninas (Mets) do tipo 2 de Malus domestica. Também foram isoladas uma profilina alergênica, uma proteína de resistência CC-NBS-LRR, uma fosfatase e uma proteína hipotética SHOOT2. A incidência e a severidade da podridão branca foram reduzidas pelo tratamento térmico. O número de lesões ocasionadas por P. expansum foi reduzido e tamanho das lesões não sofreu influência. Já as características físico-químicas não foram alteradas pelo tratamento com calor. Foram obtidos resultados da expressão gênica através do DD-RT-PCR, porém a análise das seqüências não demonstrou nenhuma similaridade com as seqüências disponívies no GenBank.
Abstract The present work was conducted in order to evaluate alternative methods to control postharvest decay incidence. The objective was to determine the effectiveness of heat treatments with water at 58°C for 30 seconds on postharvest control of Botryosphaeria dothidea and Penicillium expansum and to characterize at the molecular level the interactions between B. dothidea and cultivar Fuji apples in order to identify the effects of heat treatments on the induction of resistance related genes. In the first part of the work different RNA extraction methods of apples at different ripeness stages and from different fruit tissues were tested. Less ripe apples have higher RNA yields in comparison to riper apples. Amongst the analyzed tissues, epidermal tissues yielded highest total RNA. In the work with differential display the profiles of inoculated and not inoculated apples with B. dothidea were compared through DD-RT-PCR. 400 fragments of cDNA´s differentially expressed were isolated. 30 fragments did not have any similarity with any of the sequences of the GenBank, 14 sequences were similar to type 2 methalothionines (Mets) of Malus domestica. Beyond Mets, were isolated as well an allergenic profiline, a domain of CC-NBS-LRR, a phosphatase and a protein SHOOT2. The results on gene expression and on the postharvest control of white rot and blue mold throgh hot water sprays at 58°C for 30s indicate that there is a reduction on the incidence and severity of white rot. Heat treatments do not affect fruit quality and lesion size of decay caused P. expansum, though, reduce the number of lesions on treated apples. The DDRT- PCR technique did not result in positive identification of differentially expressed genes.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/11283
Arquivos Descrição Formato
000610183.pdf (1.710Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.