Repositório Digital

A- A A+

Comorbidade entre transtorno de humor bipolar e transtornos alimentares

.

Comorbidade entre transtorno de humor bipolar e transtornos alimentares

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comorbidade entre transtorno de humor bipolar e transtornos alimentares
Autor Franco, Matilde Birmann Dorfman
Orientador Fleck, Marcelo Pio de Almeida
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas : Psiquiatria.
Assunto Transtorno bipolar
Transtornos da alimentação
Resumo Esta dissertação está desenvolvida de forma a serem apresentados dois artigos científicos. Inicialmente, é apresentada uma revisão bibliográfica a respeito do assunto. Após a revisão bibliográfica, são expostas as justificativas para que fosse realizada a presente dissertação e, a seguir, os objetivos do trabalho. Na seqüência, apresentam-se os dois artigos. O primeiro artigo apresenta achados referentes ao diagnóstico da comorbidade em questão. Neste artigo, discute-se a prevalência da comorbidade nesta amostra e os dois instrumentos utilizados para o diagnóstico de transtornos alimentares, avaliando-se a concordância entre ambos. Este artigo mostrou que a prevalência de transtornos alimentares em amostra de pacientes com transtorno de humor bipolar é superior à prevalência encontrada na população geral, especialmente quando se incluem formas mais brandas e atípicas de transtornos alimentares. Também verificou-se que a concordância entre os dois instrumentos utilizados no diagnóstico dos transtornos alimentares é moderada, tendo-se obtido o índice kappa de 0,42. A seguir, o segundo artigo compara a Qualidade de Vida entre os dois grupos - Transtorno de Humor Bipolar sem comorbidade ou com comorbidade com os Transtornos Alimentares - e aborda a questão dos transtornos alimentares subsindrômicos e sua interferência na Qualidade de Vida. Este trabalho mostrou que existe um prejuízo na Qualidade de Vida daqueles pacientes que apresentam a comorbidade em relação aos que não apresentam, mesmo quando os transtornos alimentares são incompletos ou atípicos. Finalizando a dissertação, conclui-se pela importância do tema e da investigação de quadros de transtornos alimentares em pacientes com transtorno de humor bipolar, já que a prevalência desta comorbidade não é pequena. Além disso, o tema assume relevância em função da possibilidade de melhora na Qualidade de Vida dos pacientes com transtorno de humor bipolar ao serem investigados e tratados, quando presentes, também os transtornos alimentares. Também se conclui pela necessidade da utilização de métodos diagnósticos sensíveis e específicos aos transtornos alimentares, sejam eles entrevistas estruturadas ou avaliações clínicas, e que incluam também o diagnóstico de transtornos alimentares parciais e atípicos. Além disso, enfatiza-se a importância de que mais pesquisas a respeito do tema sigam sendo desenvolvidas.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/11343
Arquivos Descrição Formato
000606354.pdf (297.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.