Repositório Digital

A- A A+

Função facilitador(a) nos estágios e vivências na realidade do Sistema Único de Saúde : marcas de protagonismo estudantil na construção de práticas formativas

.

Função facilitador(a) nos estágios e vivências na realidade do Sistema Único de Saúde : marcas de protagonismo estudantil na construção de práticas formativas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Função facilitador(a) nos estágios e vivências na realidade do Sistema Único de Saúde : marcas de protagonismo estudantil na construção de práticas formativas
Autor Carvalho, Thaís Maranhão de Sá e
Orientador Matos, Izabella Barison
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva.
Assunto Educação em saúde
Movimento estudantil
Pessoal de saúde : Formação
Saúde coletiva : Brasil
Sistema Único de Saúde.
[es] Educación para la salud
[es] Formación de los profesionales de la salud
[es] Movimiento estudiantil
[es] VER-SUS
Resumo A dissertação propõe discussão acerca da atividade de facilitação nas Vivências e Estágios na Realidade do Sistema Único de Saúde – VER-SUS/Brasil – em sua primeira experiência nacional de 2004. A autora, implicada com a temática, inicia suas investigações a partir da apresentação de alguns referenciais teóricos, marcadores de aprendizados desta, no período estudado. Agrupa-os em sua mochila-ferramenta e inicia as expedições – pesquisa de campo. No campo, em uma primeira expedição, a pesquisadora realiza uma intensa revisão bibliográfica e documental sobre o tema Vivências no SUS, identificando participantes para o estudo. Na Segunda Expedição, promove encontros com os participantes da pesquisa, utilizando entrevistas semiestruturadas e diário de campo. Nas Expedições, em momentos nomeados como encruzilhadas, também tece reflexões acerca da delimitação do objeto de pesquisa e das questões éticas implicadas. Propõe que as Vivências no SUS, no período estudado, possam ser vistas como marcadoras de um acontecimento no campo da saúde coletiva. Para isto, descreve experiências anteriores de estágios de vivências e elenca diversos elementos históricos ocorridos no período. Estes possibilitaram influências e interferências nos encontros de construção do VER-SUS/Brasil (2003-2005), que geraram efeitos, entre eles, o de produção de sujeitos comprometidos com a interrogação do cotidiano e experiências de formação de coletivos organizados produtores de saúde. Para a análise da temática da facilitação, a autora vale-se de “mapas analíticos” e organiza-os, a partir de uma inspiração rizomática, em seis linhas de apresentação, sendo elas: caracterização e seleção dos facilitadores; formação dos facilitadores; atribuições da atividade de facilitação; agenda política; histórias e “causos” na atividade de facilitação, e efeitos sentidos. Por fim, a compreensão da facilitação do VERSUS/ Brasil pode ser entendida como função-facilitador(a) relacionada à ideia de práticas formativas, que se mostraram potentes nas experiências analisadas e intimamente ligadas ao protagonismo do movimento estudantil da época e dos encontros e discussões que circulavam naquele período.
Resumen La dicertación propone la discusión de la actividad de facilitación en Experiencias y Prácticas en la Realidad del Sistema Único de Salud – VER-SUS/Brasil - en su primera experiencia nacional, que se produjo en 2004. El autor, implicada el tema, comienza sus investigaciones a partir de la presentación de algunos marcos teóricos, los marcadores de aprendizaje de este durante el período de estudio. Grupos en tu mochila-herramienta y empieza expediciones - de investigación de campo. En el campo, en una primera expedición, el investigador lleva a cabo una revisión de la literatura intensiva y documental sobre las experiencias temáticas en el VERSUS, e identificar a los participantes en el estudio. En la segunda expedición, organiza reuniones con los participantes en la investigación, y utiliza entrevistas semiestructuradas y diario de campo para investigar el tema elegido. En los despachos de veces nombradas encrucijada también teje reflexiones sobre la delimitación del objeto de la investigación y las cuestiones éticas implicadas. Propone que el VER-SUS, el período de estudio se puede considerar como un marcador de un acontecimiento en el campo de la salud pública, y que describe las experiencias de las etapas anteriores de la experiencia, y enumera varios elementos históricos que ocurren en el período, y las posibles influencias interferencias en las reuniones de la construcción de VER-SUS / Brasil (2003-2005), que genera efectos, entre ellos la producción de interrogatorio comprometida de temas diarios, experiencias y formación de colectivos organizados productores de salud. Para analizar la cuestión de la facilitación, el autor se basó en "mapas analíticos", y organizó ellos, a partir de una inspiración del rizoma, en seis líneas de presentación, a saber: Caracterización y selección de facilitadores; la formación de los facilitadores; tareas de facilitación actividad; agenda política; historias y "historias" en la actividad de facilitación, efectos y significados. Por último, la comprensión de la facilitación de la VER-SUS / Brasil, puede ser entendida como función de facilitador (a) en relación con la idea de las prácticas de formación, que han demostrado ser de gran alcance en los experimentos y se analizaron estrechamente ligada al papel del movimiento estudiantil de la época y las reuniones y discusiones que circulaban en ese momento.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/114389
Arquivos Descrição Formato
000955022.pdf (26.40Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.