Repositório Digital

A- A A+

Geoconservação em grandes cidades e proposição dos itinerários geológicos de Porto Alegre: contribuições metodológicas para valoração integrada de unidades geológicas

.

Geoconservação em grandes cidades e proposição dos itinerários geológicos de Porto Alegre: contribuições metodológicas para valoração integrada de unidades geológicas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Geoconservação em grandes cidades e proposição dos itinerários geológicos de Porto Alegre: contribuições metodológicas para valoração integrada de unidades geológicas
Autor Fontana, Rodrigo Cybis
Orientador Mizusaki, Ana Maria Pimentel
Co-orientador Menegat, Rualdo
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Educação ambiental urbana
Geodiversidade
Gestão ambiental urbana
Porto Alegre (RS)
[en] Assessment matrix
[en] Urbangeosite
Resumo Os temas da geodiversidade e geoconservação emergem no século XXI como contribuições das geociências para o desenvolvimento sustentável. Precedido por duas grandes guerras mundiais no século XX, bem como pela intensa industrialização do mundo e dos impactos ambientais advindos da mesma, o século XXI é marcado pela urgência de mudança nos padrões de desenvolvimento do século passado. O gigantismo urbano, os colapsos socioambientais e a intensa ocupação da geosfera, apontam para a necessidade da culturalização dos temas relacionados à Terra, em especial, da sua conservação. Nesse cenário, o papel das geociências começa a ser rebalanceado entre suas funções tradicionais de localização e exploração dos bens da litosfera e suas possibilidades novas de atuação no desenvolvimento sustentável. Emergentes das novas áreas e papéis das geociências, são propostos os conceitos da geodiversidade – e de suas funções ecossistêmicas fundamentais para a sociedade moderna -, bem como são desenvolvidas estratégias para aplicação da conservação da Terra, a geoconservação. Embora a atenção para as peculiaridades das geoformas e para a importância da conservação dessas seja antiga, estratégias de geoconservação ganharam espaço na gestão patrimonial e ambiental apenas a partir dos anos 1990 e, desde então, metodologias vêm sendo construídas para dar suporte técnico-científico para tais ações. O objetivo do presente trabalho é apresentar contribuições metodológicas para geoconservação em ambientes urbanos, especificamente pela valoração integrada de unidades geológicas com base na análise de seis mapas temáticos do município de Porto Alegre e pela proposição de uma matriz de valoração ponderada que relaciona 12 indicadores geopaisagísticos com as 26 unidades geológicas locais. Também são propostos 13 geossítios encadeados como itinerários geológicos que permitem evidenciar a história geológica da região. Por fim, o estudo propõe os Itinerários Geológicos de Porto Alegre como tecnologia socioeducativa para auxiliar a conexão das pessoas com a paisagem onde vivem, estimulando assim, a gestão de ambientes urbanos populosos por meio de uma geoconservação cultural.
Abstract The themes of geodiversity and geoconservation arise in the XXI century as contributions of geosciences to sustainable development. Preceded by two world wars in the XX century, as well as by the intense industrialization of the world and its environmental impacts, the XXI century is marked by the urgency of changes in the development patterns of the last century. The gigantic urban realm, the social and environmental collapses, and the intense occupation of the geosphere, point out the urgent culturalization of issues related to Earth, in particular its conservation. In this context, the role of geosciences begins to be rebalanced between their traditional functions of location and exploitation of the lithosphere goods and its new possibilities for acting on sustainable development. Emerging from the new areas and roles of geosciences, the geodiversity concept has been proposed - and its fundamental ecosystem functions for modern society -, as well as strategies have been developed for Earth conservation application, the geoconservation. Although attentions to the peculiarities of landforms and the importance of conserving it are old, geoconservation strategies gained ground in the patrimonial and environmental management only from the years 1990 and, since then, methodologies have been built to provide technical and scientific support for such actions. The objective of this paper is to present methodological contributions to geoconservation in urban environments, specifically by the integrated valuation of geological units based on the analysis of six thematic maps of Porto Alegre county and by the proposition of a weighted valuation matrix that relates 12 geolandscape indicators applied to 26 local geological units. In addition, 13 geosites are linked in terms of geological itineraries that allow reflecting regional geological history. Finally, the study proposes the Geological Itineraries of Porto Alegre as a socioeducational technology to help connect urban citizens with the landscape in which they live, thus stimulating the management of populated urban environments through a cultural geoconservation.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/114400
Arquivos Descrição Formato
000954301.pdf (6.304Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.