Repositório Digital

A- A A+

Arquitetura de fácies e arcabouço estratigráfico dos depósitos de fluxos gravitacionais da Formação Maracangalha no Campo de Miranga, Bacia do Recôncavo

.

Arquitetura de fácies e arcabouço estratigráfico dos depósitos de fluxos gravitacionais da Formação Maracangalha no Campo de Miranga, Bacia do Recôncavo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Arquitetura de fácies e arcabouço estratigráfico dos depósitos de fluxos gravitacionais da Formação Maracangalha no Campo de Miranga, Bacia do Recôncavo
Autor Rocha, César Henrique de Aleixo
Orientador Scherer, Claiton Marlon dos Santos
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Deslizamento de terra
Facies
Turbiditos
[en] Facies association
[en] Reservoir
[en] Slides
[en] Slumps
[en] Subaqueous gravity flows
Resumo O Campo de Miranga, localizado no Compartimento Central da Bacia do Recôncavo, é um importante produtor de óleo e gás. As rochas reservatório portadoras de hidrocarbonetos aqui apresentadas constituem-se de corpos arenosos gerados por fluxos gravitacionais subaquosos intercalados por folhelhos e pertencem a Formação Maracangalha (depositada no Cretáceo Inferior). Com a descrição de 775 m de testemunhos, definiu-se 8 fácies deposicionais e 6 deformacionais para o intervalo estudado. O agrupamento de fácies em conjuntos que apresentam feições estruturais e genéticas similares permitiu a proposição de Associações de Fácies cujas interpretações são: AF1 - lobos turbidíticos distais; AF2 - canais e/ou lobos turbidíticos arenosos; AF3 - franjas de sistemas turbidíticos conglomeráticos; AF4 - deslizamentos ou regiões proximais de escorregamentos; AF5 - porções mais deformadas de corpos de deslizamentos a escorregamentos; AF6 - escorregamentos altamente móveis, plásticos a fluxos de detritos. Foi definido um datum na porção intermediária da formação constituído por uma espessa seção pelítica. Depósitos distais da AF6 dominam a porção basal do intervalo estudado e são sucedidos verticalmente (em direção ao datum) por intercalações entre turbiditos (AF2) e escorregamentos (AF5). Imediatamente acima do datum ocorrem níveis conglomeráticos (AF3) que são sucedidos verticalmente por um domínio onde se intercalam deslizamentos (AF4), escorregamentos (AF5) e turbiditos (AF2), definindose uma grande sucessão progradacional para a Formação Maracangalha na área estudada. O disparo desses fluxos provavelmente associa-se a movimentação de falhas durante estágio sin-rifte responsáveis por intensa sismicidade e remobilização de frentes deltaicas. Um mecanismo auxiliar associa-se ao intenso diapirismo argilocinético. A conectividade lateral rastreada em seções sísmicas é baixa e os melhores reservatórios do campo são os representantes da AF4 e AF2. Por critérios preditivos é possível determinar os intervalos mais propícios para a ocorrência desses corpos.
Abstract The Miranga Field, which is located in the Central Compartment of Reconcavo Basin, is an important oil and gas producer. The bearing hydrocarbon reservoirs presented here are composed of sand bodies generated by subaqueous gravity flows inserted between shales, belonging to the Maracangalha Formation (deposited during the Lower Cretaceous). Through the description of 775 m well cores, 8 depositional and 6 deformational facies were defined for the interval studied. These facies were grouped together according to structural and genetic characteristics making it possible to define Facies Associations with the following interpretations: AF1 - distal portions of turbidite lobes; AF2 - channels and/or sandy turbidite lobes; AF3 - borders of conglomeratic turbidite systems; AF4 - slides or proximal parts of slumps; AF5 - distal portions of the slides bodies or slumps; AF6 - highly mobile slumps to debris flows. A datum was chosen in the middle portion of Maracangalha Formation which consists of thick layer of shale. Distal deposits (AF6) dominate the basal portion of interval studied and they are succeeded vertically (toward to the datum) by layers interbedded between turbidites (AF2) and slump deposits (AF5). Immediately above the datum, conglomeratic intervals (AF3) occur and they are succeeded vertically by layers interbedded between slides (AF4), slumps (AF5) and turbidites (AF2), defining a great progradational succession to Maracangalha Formation in the studied area. Trigger mechanisms responsible for the genesis of gravitational flows are probably associated with faults activities during the syn-rift stage which led to intense seismic activity and caused the destabilization of sediments in delta fronts. An alternative cause for triggering may have been intense diapiric shale movements. The lateral connectivity traced in seismic sections is low and the sand bodies that should constitute the best reservoirs in this field belong to AF4 and AF2 categories. It is possible to determine the most favorable intervals for the occurrence of these sand bodies using predictive criteria.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/114405
Arquivos Descrição Formato
000954330.pdf (13.14Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.