Repositório Digital

A- A A+

Tradução para dublagem e variação linguística : um estudo de caso no filme Bastardos Inglórios

.

Tradução para dublagem e variação linguística : um estudo de caso no filme Bastardos Inglórios

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Tradução para dublagem e variação linguística : um estudo de caso no filme Bastardos Inglórios
Autor Farias, Raquel Rocha
Orientador Reuillard, Patrícia Chittoni Ramos
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Audiovisual
Bastardos Inglórios (Filme)
Dublagem
Estudos de tradução
Sociolingüística
Sociologia da linguagem
Variação lingüística
[en] Audiovisual translation
[en] Dubbing
[en] Language variation
Resumo Este trabalho busca aproximar a teoria e a prática da tradução para dublagem no Brasil. Para isso, debruçamo-nos sobre as características da tradução audiovisual e sobre o processo de tradução para dublagem. Nossa reflexão se baseia nos princípios postulados pelas teorias da tradução em Hurtado Albir (2001), Nord (2009), Aubert (1993), Amorim (2005), Catford (1980), Bassnnett (2005) e Batalha (2007). Além disso, abordamos a sociologia da linguagem e a sociolinguística com o enfoque na variação linguística, conforme Labov (1972), Monteiro (2000), Bright (1966), Fishman (1972) e Coseriu (1983), e analisamos a variante de fala do personagem Aldo Raine, do filme Bastardos Inglórios, de Quentin Tarantino, para posteriormente investigar como esse aspecto linguístico é tratado na dublagem brasileira. Desta forma, excertos dos diálogos dublados são analisados e as estratégias e modalidades de tradução utilizadas pelo tradutor são discutidas em cada ocorrência na dublagem brasileira do filme. Através da análise, concluímos que não há padronização nas estratégias utilizadas para traduzir as ocorrências de variação linguística e constatamos, ainda, que muitas vezes a tradução para o português brasileiro é adequada, porém traços linguísticos e extralinguísticos relevantes para a compreensão do personagem e da obra são eliminados no áudio dublado. Por esta razão, sugerimos estratégias a fim de padronizar e auxiliar o trabalho do tradutor para dublagem e do dublador.
Abstract This paper aims to assemble theory and practice of dubbing translation in Brazil. Therefore, we focus on the characteristics of audiovisual translation and on the translation process for dubbing. Our reflection is based on the principles postulated by translation theories according to Hurtado Albir (2001), Nord (2009), Aubert (1993), Amorim (2005), Catford (1980), Bassnnett (2005) and Batalha (2007). Moreover, we discuss the sociology of language and sociolinguistics, focusing on language variation, according to Labov (1972), Miller (2000), Bright (1966), Fishman (1972) and Coseriu (1983), and we analyze the variant of speech of the character Aldo Raine, in the film Inglourious Basterds, by Quentin Tarantino, to further investigate how this linguistic aspect is treated in Brazilian dubbing. Thus, extracts from the dubbed dialogues are analyzed and the translation strategies and methods used by the translator are discussed in each translation unit presented in the dubbed version of the film. Through the analysis, we conclude that there is no standardization in the strategies used to translate instances of language variation, besides the translation for Brazilian Portuguese is adequate, however linguistic and extralinguistic features which are relevant to the understanding about the character and the film itself are eliminated in the dubbed version. For this reason, we propose strategies to standardize and assist the dubbing translation besides the voice actor.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/114447
Arquivos Descrição Formato
000954056.pdf (1.559Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.