Repositório Digital

A- A A+

Análise de custo-minimização do uso de heparina não-fracionada e enoxaparina em uma coorte de pacientes em tratamento de tromboembolismo venoso

.

Análise de custo-minimização do uso de heparina não-fracionada e enoxaparina em uma coorte de pacientes em tratamento de tromboembolismo venoso

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise de custo-minimização do uso de heparina não-fracionada e enoxaparina em uma coorte de pacientes em tratamento de tromboembolismo venoso
Autor Argenta, Catia
Orientador Moreira, Leila Beltrami
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina : Ciências Médicas.
Assunto Embolia e trombose
Resumo Introdução: O tratamento do tromboembolismo venoso (TEV) é recomendado pelo American College of Chest Physicians e envolve tratamento com heparina de baixo peso molecular (HBPM) ou heparina não-fracionada (HNF), seguido de anticoagulação oral com varfarina por longo período. Análises de custo-efetividade têm mostrado que as HBPM são mais custo-efetivas do que a HNF. Os benefícios econômicos para pacientes ambulatoriais parecem acontecer em diferentes sistemas de saúde de países desenvolvidos, mas os resultados não podem ser diretamente aplicados para países em desenvolvimento. Objetivos: Avaliar os custos diretos do tratamento inicial para TEV com HBPM e HNF em pacientes internados em um grande hospital de ensino no sul do Brasil sob a perspectiva institucional e social. Métodos: O estudo de coorte incluiu prospectivamente pacientes hospitalizados no período de março de 2005 a janeiro de 2007 em um hospital público, geral, terciário e de ensino, com 749 leitos, no sul do Brasil, e que foram tratados com HNF intravenosa ou HBPM subcutânea por diagnóstico suspeito ou comprovado de TVP ou TEP. Dados de confirmação de diagnóstico, regime de anticoagulação (dose e intervalo), dias de uso, monitoramento pelo TTPa, sangramento, trombocitopenia, transfusão sanguínea, prescrição de protamina foram coletados. Foram estimados os custos diretos, computando-se custo de aquisição das heparinas, materiais utilizados na administração de HNF como catéter intravenoso, equipo de infusão, seringa, salina e testes de TTPa. Os custos foram convertidos para dólar Americano considerando a média das cotações entre abril e maio de 2007. Resultados: HNF foi inicialmente prescrita para 50 pacientes (29.9%) e HBPM para 117 (70.1%). A mediana de dias de anticoagulação foi igual para os grupos (7 dias). A monitorização pelo TTPa ocorreu em 98% dos pacientes que usaram HNF e 56,4% dos que usaram HBPM. Não houve diferença estatisticamente significativa no número de sangramentos (10.0% e 9.4% P=1.00), transfusão sangüínea (2.0% e 2.6% P= 1.00) e morte (8.0% no grupo HNF e 3.4% no grupo HBPM P=0.242). Somente um paciente evoluiu para TEP no grupo que utilizou HNF. Considerando o desfecho complicação, composto de recorrência de TEV, sangramento ou morte, observou-se ocorrência de 20.0%e 14.5% dos pacientes, respectivamente (P=0.379). A média de custo diário ± DP por paciente foi US $ 12.63 ±4.01 (R$ 26.77 ± 8.50) para HNF (53.28% materiais para administração, 41.47% TTPa e 5.25% aquisição do medicamento) e US $ 9.87 ±2.44 (R$ 20.93 ± 5.17) para HBPM (medicamento 92.88% e TTPa 7.12%) (P<0,001). O custo total para o tratamento inicial considerando a média de dias de anticoagulação foi de US $ 88.39 (R$ 187.39) e US $ 69.11 (R$ 146.51) respectivamente, resultando em uma redução de custos de US $ 19.28 (R$ 40.88) por tratamento, sendo que o custo do tratamento com HNF aumentaria se o custo da utilização de bombas de infusão tivesse sido computado. O tratamento de TEV com enoxaparina proporciona redução no custo para um grande hospital no sul do Brasil, considerando as perspectivas institucionais e sociais. Apesar 6 das diferentes características deste estudo de avaliação econômica, os resultados estão de acordo com outros estudos apresentando vantagem econômica para HBPM, apontando para vantagem econômica quando se utiliza enoxaparina no tratamento de tromboembolismo venoso.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/11453
Arquivos Descrição Formato
000616214.pdf (764.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.