Repositório Digital

A- A A+

Estimativa de recarga a partir da separação de escoamento de base na bacia hidrográfica do rio Ibicuí/RS

.

Estimativa de recarga a partir da separação de escoamento de base na bacia hidrográfica do rio Ibicuí/RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estimativa de recarga a partir da separação de escoamento de base na bacia hidrográfica do rio Ibicuí/RS
Outro título Recharge estimation from base flow separation on the hydrographic basin of Ibicuí/RS
Autor Mattiuzi, Camila Dalla Porta
Orientador Collischonn, Walter
Co-orientador Kirchheim, Roberto Eduardo
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Pesquisas Hidráulicas. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Ambiental.
Assunto Filtro de Eckhardt
Ibicuí, Rio (RS)
Recursos hídricos
[en] Aquifer recharge
[en] Base flow
[en] Eckhardt’s filter
Resumo Este estudo se propõe a estimar as taxas de recarga aquífera na Bacia Hidrográfica do Rio Ibicuí, localizada no Estado do Rio Grande do Sul, a partir da utilização do método de separação de escoamento de base, utilizando o filtro numérico de Eckhardt (2005) com dados de medição de vazão disponibilizados pela Agência Nacional de Águas. A partir dos resultados obtidos foi realizada uma comparação entre as taxas de recarga com as características geológicas, hidrogeológicas e tipologias de solo encontradas na Bacia do Rio Ibicuí. As taxas de recarga variaram entre 13% e 47%. A partir desta análise foram apontados diversos fatores que podem explicar as variações nas taxas de recarga nas sub-bacias da Bacia do Rio Ibicuí, como variações nas precipitações nas sub-bacias, heterogeneidade geológica e hidrogeológica, e composições distintas dos solos da região. Além disso, foi realizada uma comparação das medições de níveis d’água em piezômetros localizados na Bacia do Rio Ibicuí que apontou uma correlação entre os valores de precipitação, vazão e nível d’água medidos com os valores de vazão de base obtidos no presente estudo.
Abstract This study aims to estimate the rates of aquifer recharge in Ibicuí Basin, located in the state of Rio Grande do Sul, from the use of the method of base flow separation using the numeric filter of Eckhardt (2005 ) with flow measurement data available from the National Water Agency. The results obtained of recharge rates were compared with the geological, hydrogeological and soil types found in the River Basin Ibicuí characteristics. The recharge rates varied between 13% and 47%. From this analysis were pointed out several factors that might explain variations in recharge rates in the sub-basins of the Ibicuí Basin, as variations in rainfall in the sub-basins, geological and hydrogeological heterogeneity and different compositions of soils in the region. Furthermore, a comparison of measurements of water levels in piezometers located in Ibicuí Basin pointed out that a correlation between the amounts of precipitation, flow and water level measured values with the base flow values obtained in the present study.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/114603
Arquivos Descrição Formato
000929416.pdf (3.098Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.