Repositório Digital

A- A A+

Alterações hepáticas e renais em ratos expostos ao álcool, fumaça de cigarro ou a sua associação

.

Alterações hepáticas e renais em ratos expostos ao álcool, fumaça de cigarro ou a sua associação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Alterações hepáticas e renais em ratos expostos ao álcool, fumaça de cigarro ou a sua associação
Autor Bandiera, Solange
Orientador Gomez, Rosane
Co-orientador Coitinho, Adriana Simon
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas: Fisiologia.
Assunto Abuso de drogas
Etanol
Fígado
Rim
Tabaco
[en] Drug abuse
[en] Ethanol
[en] Liver
[en] Tobacco
Resumo Álcool e cigarro são as drogas lícitas mais consumidas no mundo. O uso abusivo tanto do álcool quanto do cigarro está associado à morbidade e mortalidade em função do risco de dependência e danos à saúde humana. Estas drogas de abuso estão associadas a diversas patologias, dentre elas as doenças hepáticas e renais. Apesar de diversos estudos mostrarem os efeitos deletérios do álcool e do cigarro em diferentes tecidos, a literatura é escassa no que se refere aos efeitos da associação dessas duas drogas de abuso. Portanto, nosso objetivo foi avaliar alterações hepáticas e renais em ratos expostos ao álcool, fumaça de cigarro ou sua associação. Ratos Wistar, machos, adultos (~280 g) foram subdivididos em 4 grupos (n = 10/grupo): controle (CTR), administrados com álcool (ALC), expostos à fumaça do cigarro (TAB) ou sua associação (ALTB). Os animais do grupo CTR e do grupo TAB recebiam solução glicosada 8% por via intragástrica (IG); os animais do grupo ALC e ALTB, eram administrados com 2 g/kg (20% p/v) de álcool, diluído em solução glicosada a 3%, também via IG. Todos os grupos foram tratados duas vezes ao dia, por 28 dias. No 29º dia os ratos foram eutanasiados e o sangue troncular coletado para determinação das enzimas alanina e aspartato aminotransferases (AST e ALT), creatinina e ureia. Fígado e rins foram dissecados, pesados e armazenados em solução fixadora para processamento histológico, para posterior avaliação das alterações morfológicas. Peso corporal também foi monitorado ao longo do experimento. Nossos resultados mostraram menor ganho de peso corporal nos animais TAB e ALTB (CTR: 49,0 ± 3,1; ALC: 38,0 ± 4,7; TAB*: 15,9 ± 3,2 e ALTB*: 23,4 ± 2,6 g, *P < 0,001). O grupo TAB também apresentou menor peso relativo da gordura retroabdominal (-36%) quando comparado ao grupo ALC. Ainda para o grupo TAB observamos redução significativa da enzima ALT (P = 0,020). Creatinina estava aumentada no grupo ALTB (P = 0,021). Considerando o efeito dos tratamentos sobre as alterações morfológicas no tecido hepático, observamos aumento de marcadores de necrose para os animais dos grupos ALC, TAB ou ALTB, quando comparados ao CTR. Verificamos também aumento da tumefação para os grupos TAB e ALTB e presença de infiltrado perivascular no grupo ALTB. Em relação as alterações sobre o tecido renal, constatamos a presença de necrose para os grupos ALC, TAB e ALTB quando comparados com o CTR. Relatamos ainda presença de vacuolização citoplasmática no grupo ALTB quando comparado com o grupo ALC. Podemos concluir que a exposição à fumaça de cigarro interfere sobre o ganho de peso corporal e deposição de gordura retroabdominal. Além disso, o uso crônico de doses moderadas de álcool, exposição à fumaça do cigarro ou sua associação provoca necrose hepática e renal. O risco de dano hepático foi maior pelo álcool, enquanto o risco de dano renal foi maior para o cigarro. A associação dessas duas drogas de abuso parece contribuir para aumento de risco de dano renal.
Abstract Alcohol and cigarette are the most consumed illicit drugs in the world. The abusive use of both alcohol and cigarette is associated with morbidity and mortality due to the risk of dependence and harm to human health. These drugs of abuse are associated with various diseases, among them, the liver and kidney diseases. Although several studies have shown the harmful effects of alcohol and cigarette in different tissues, the literature is scarce regarding the effects of the combined use of these two drugs of abuse. Therefore, our objective here was to evaluate the hepatic and renal damage in rats exposed to alcohol, cigarette smoke or their association. Male, adult, Wistar rats (~ 280 g) were divided into 4 groups (n = 10 / group): control (CTR), administered with alcohol (ALC), exposed to the cigarette smoke (TAB), or their association (ALTB). Animals in the CTR group and in the TAB group were administered with a 8% glucose solution, via intragastric (IG); ALC and ALTB groups received 2 g/kg (20% w/v) alcohol, diluted in 3% glucose solution, via IG. All groups were treated twice a day for 28 days. On the 29th day the rats were euthanized and trunk blood was collected for enzymes alanine aminotransferase and aspartate (AST and ALT), creatinine and urea determination. Liver, kidneys and retroabdominal fat were dissected, weighed, and stored in fixative solution for histological processing for further evaluation of the hepatic and renal morphological changes. Body weight was also monitored throughout the experiment. Our results showed lower body weight gain in animals TAB and ALTB than CTR and ALC (CTR: 49.0 ± 3.1; ALC: 38.0 ± 4.7; TAB *: 15.9 ± 3.2 and ALTB * 23.4 ± 2.6 g, * P < 0.001). The TAB group also showed lower relative weight of retroabdominal fat (-36%) compared to the ALC group. Still, for the TAB group we observed a significant decreases from ALT enzyme (P = 0.020). Creatinine was increased in ALTB group (P = 0.021). Regarding hepatic morphological changes, we found an increase in necrosis markers from ALC, TAB and ALTB than CTR rats. We also showed increased swelling in the TAB and ALTB groups and perivascular infiltrate in ALTB group. Regarding the changes on renal tissue, we also observed necrosis for all groups. Vacuolization were significant higher in ALTB than ALC group. Thus, we may conclude that cigarette smoke interferes with the body weight gain and retroabdominal fat deposition. Additionally, the chronic use of moderate doses of alcohol, exposure to cigarette smoke or their combined use is damaging to the hepatic and renal tissues. The risk of liver damage was higher by alcohol, while the risk of kidney damage was higher for cigarette smoke. The combination of these two drugs of abuse appears to contribute to increased risk of kidney damage.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/114668
Arquivos Descrição Formato
000955034.pdf (968.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.