Repositório Digital

A- A A+

Comunicação de emoções básicas em ponteios de Camargo Guarnieri

.

Comunicação de emoções básicas em ponteios de Camargo Guarnieri

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comunicação de emoções básicas em ponteios de Camargo Guarnieri
Autor Monteiro, Heidi Kalschne
Orientador Santos, Regina Antunes Teixeira dos
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais.
Assunto Comunicação emocional
Emoções
Guarnieri, Camargo 1907-1993.
Performance musical
Ponteios
Ponteios : Camargo guarnieri : Analise musical
[en] Basic emotions
[en] Emotional communication
[en] Performance
Resumo A presente pesquisa teve como objetivo investigar a comunicação das emoções básicas (alegria, tristeza, calma, medo/hesitação e raiva) através da execução de trechos de Ponteios de Camargo Guarnieri para piano, com indicações explícitas desses estados emocionais. A seleção dos estímulos foi feita com base na relação estrutural/expressão musical e emoção, sistematizada na literatura por Juslin e Timmers (2010). Como estímulos, trechos dos Ponteios 02, 26, 32, 36 e 38 foram escolhidos para comunicar raiva, calma, alegria, tristeza e medo (receio), respectivamente. A amostra envolveu estudantes de curso de teoria e percepção musical em nível de extensão (N = 73) e estudantes de música universitários (graduação e pós-graduação) (N = 77). O método empregado foi auto-relato por escolha forçada. A coleta de dados foi feita por meio de trechos escolhidos dos Ponteios em performance ao vivo. Para ordem de execução, foram aleatoriamente sorteados. Os dados foram coletados em questionários fechados ao longo de oito sessões, contendo as alternativas das emoções básicas percebidas, grau de intensidade de comunicação, assim como parâmetros estruturais e de expressão musical. Os dados foram tratados por estatística descritiva e inferencial. Os resultados indicaram que tanto estudantes universitários como de extensão puderam identificar as emoções básicas durante as coletas, contudo o nível de expertise dos participantes influenciou na comunicação dos estados emocionais e intensidade de percepção. Além disso, a pesquisa demonstrou que há uma hierarquia de emoções mais percebidas pelos ouvintes. A alegria e raiva foram mais facilmente reconhecidas (respectivamente 94% e 76% para estudantes universitários, por exemplo). O medo foi menos comunicado: 24% e 27%, respectivamente, para estudantes de extensão e universitários. Para os estudantes universitários, a tristeza foi mais percebida do que a calma, enquanto para os estudantes de extensão ocorreu o contrário. Houve ainda dispersão e confusão entre calma, tristeza e medo. De modo geral, as emoções que obtiveram melhores resultados em termos de comunicação foram aquelas com maior atribuição de intensidade. Os parâmetros referentes à melodia e andamento foram aqueles que apresentaram maior incidência dentre os estudantes de extensão. No caso dos estudantes universitários, verifica-se uma distribuição mais uniforme entre os parâmetros. Esses resultados demonstram a viabilidade de comunicação intencional de emoções básicas através da realização deliberada de um plano de performance que valorize aspectos estruturais e de expressão, associados à percepção dessas emoções pelos ouvintes.
Abstract The present study aimed at investigating the communication of basic emotions (joy, sadness, calm, fear/hesitation and anger) through life performance of Camargo Guarnieri´s piano Ponteios excerpts, which bear clear indications of these emotional states. The selection of stimuli was based on the relationship structural/musical expression and emotion, systematized in the literature by Juslin and Timmers (2010). As stimuli, pieces from Ponteios 02, 26, 32, 36 and 38 were chosen to communicate anger, calm, joy, sadness and fear, respectively. The sample involved students from the theory and ear training university extension program (N=73) and university music students (undergraduate and graduate) (N=77). The employed method was self-reported by forced-choice. Data were collected as closed questionnaires over eight sessions, containing the alternatives of perceived basic emotions, degree of intensity of communication, as well as structural and musical expression parameters. Data were analyzed with descriptive and inferential statistics. The results indicated that both university and extension students were capable to identify basic emotions during the analysis. However, the level of expertise of the participants influenced on the communication of the emotions and the intensity of perception. In addition, the research has shown an hierarchy among the perceived emotions by listeners. Joy and anger were easily recognized (94% and 76%, respectively, for college students). Fear was less ranked (24% and 27%, respectively, for extension and university students). There was also confusion between sadness and fear. In general, the emotions with the best results were those with higher degree of intensity. The parameters for melody and tempo were those of a higher incidence among extension students. For college students, a more even distribution was found among the parameters.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/114674
Arquivos Descrição Formato
000954538.pdf (3.695Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.