Repositório Digital

A- A A+

Caracterização de helmintos e artrópodos parasitos de Netta peposaca (Vieillot, 1816) (Marrecão-da-patagônia) (Aves:anatidae) no Rio Grande do Sul

.

Caracterização de helmintos e artrópodos parasitos de Netta peposaca (Vieillot, 1816) (Marrecão-da-patagônia) (Aves:anatidae) no Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Caracterização de helmintos e artrópodos parasitos de Netta peposaca (Vieillot, 1816) (Marrecão-da-patagônia) (Aves:anatidae) no Rio Grande do Sul
Autor Paulsen, Rosa Maria Massaro
Orientador Brum, Joao Guilherme Werner
Data 2006
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Artropodos
Helmintos
Marrecão
Parasitologia veterinária : Rio Grande do Sul
[en] Anatids
[en] Artropods
[en] Helmints
[en] Menoponidae
[en] Netta peposaca
[en] Philopteridae
[en] Rhinonyssidae
Resumo Netta peposaca (marrecão) distribui-se nos ambientes aquáticos interiores de faixa de clima temperado e subtemperado do Cone Sul da América do Sul. No Brasil ocorrem em banhados e várzeas do Rio Grande do Sul e, esporadicamente, na zona costeira meridional de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Existem, descritas no mundo, mais de 140 espécies de anatídeos, dos quais, cerca de 24 ocorrendo no Brasil e, destas espécies, 21 somente no RS, caracterizando-o como sendo o maior Estado do Brasil em diversidade de espécies desta família. Com os objetivos fazer um levantamento quantitativo e qualitativo de helmintos e artrópodes de N. peposaca em vida livre e relatar as estimativas dos parâmetros Prevalência, Abundância e Intensidade Média destes parasitos no hospedeiro, foram analisados 30 anatídeos, dos quais 17 eram procedentes da Estância Boa Vista, situada na BR 471, Km 473, município de Rio Grande e os outros 13 de áreas situadas à margem da BR 116, Km 491, município de Turuçú-RS, que foram necropsiados e o conteúdo da cavidade abdominal, do sistema respiratório (narinas, traquéia e pulmões), do sistema digestório (cabeça (boca e faringe), esôfago e papo, pró-ventrículo, moela, intestino delgado (dividido em 3 partes iguais), intestino grosso (cecos, colon-reto) e cloaca), do sistema genito-urinário (rins, ureter, testículos e oviduto), o globo ocular, o fígado, o pâncreas, o baço e o coração, bem como suas penas, foram analisados. Cada órgão teve seus conteúdos processados em tamis de malha 150μm, inspecionados microscopicamente e/ou através de lupa (40x) na busca de nematóides, trematódeos, cestóides e acantocéfalos que foram acondicionados em álcool 70ºGL; suas penas, lavadas em solução detergente e processadas em tamis de malha 150μm, tendo o conteúdo retido acondicionado em frascos contendo Álcool 70o GL, para posterior processamento e identificação. Os resultados obtidos para os helmintos foram: Capillaria sp (P=36,67%; A=0,80; IM=2,18) na mucosa do esôfago/papo, Capillaria sp. (P=83,33%; A=5,50; IM=6,60) nos cecos, Epomidiostomum sp. (P= 86,67%; A=4,27; IM=4,92) na mucosa da moela, Strongyloides minimum (P=30%; A=0,90; IM=3,00) no intestino delgado (ID-3ª porção) e Tetrameres sp (P=73,33%; A=4,10; IM=5,59) no esôfago e proventrículo (Filo Nematoda); Apatemon gracilis (P=10%; A=0,63; IM=6,33) no ID (1ª porção), Dendritobilharzia pulverulenta (P=40%; A=0,67; IM=1,67) no conteúdo da carcaça e coração, Echinoparyphium recurvatum (P=30%; A=2,63; IM=8,78) no ID (1ª, 2ª e 3ª porção), Echinostoma revolutum (P=13,33%; A=0,33; IM=2,50) no ID (3ª porção), Eucotyle warreni (P=20%; A=0,33; IM=1,67) nos rins, Notocotylus sp (P=13,33%; A=0,63; IM=4,75) nos cecos, Typhlocoelum cucumerinum (P=30%; A=0,37; IM=1,22) na traquéia e Zygocotyle lunatum (P=80%; A=2,07; IM=2,58) nos cecos (Classe Trematoda); Cloacotaenia megalops (P=90%; A=4,70; IM=5,22) na cloaca (Classe Cestoda). Os resultados obtidos para os ectoparasitos foram: na Classe Insecta, Ordem Phthiraptera, Família Menoponidae – Holomenopon leucoxanthum (P=96,67%; A=19,77; IM=20,45), Trinoton querquedulae (P=83,33%; A=3,93; IM=4,72); Família Philopteridae – Acidoproctus fuligulae (P=96,67%; A=12,90; IM=13,34), Anatoecus icterodes (P=60%; A=2,40; IM=4,0), Anaticola chaetodens (P=16,67; A=0,23; IM=1,40) e na Classe Arachnida, Ordem Acari, Família Rhinonyssidae – Rhinonyssus rhinolethrum (P=16,67; A=1,23; IM=7,40).
Abstract Netta peposaca (Rosybill or Rosy-billed Pochard) presents a distribution in the aquatic environmental in the interior range of tempered climate of the in the southern of South America. In Brazil occurs in marshes and fertile valley of the Rio Grande do Sul State and eventually at the meridional coastal zone of Santa Catarina, Paraná and São Paulo States. More than 140 species of anatids were described trough the world, 24 occurs in Brazil, and 21 only in the Rio Grande do Sul State, which characterize as a greatest Brazil State in diversity of this family species. 30 anatids from different areas, 17 from Estancia da Boa Vista (BR 471, Km 473) Rio Grande County and the other 13 from Turuçu County (BR 116, Km 491), were analyzed to realize a quantitative and qualitative investigation of helmints and arthropods which ones infested the wildlife N. peposaca and report the parameters estimative of Prevalence(P), Abundance(A) and Mean Intensity(MI) of this parasites in the host, the animals were necropsied the abdominal, respiratory (nasal cavity, trachea and lungs), gastrointestinal (mount, and pharynx, esophagus, crop, proventriculus, gizzard, small intestine(divided in 3 equal parts), large intestine(cecums, colon rectum and cloaca) and genitourinary system (kidneys, ureters, testis and oviduct) contents and ocular globe, liver, pancreas, spleen, heart and feathers were analyzed. Each organ had their content were processed in tamises with 150 μm of mesh, inspected microscopically and/or through the magnifying glass (40x) to search for nematods, trematods, cestods and acantocephalos which ones were maintened in alcohol 70ºGL; the feathers were washed in detergent solution processed in tamises with 150 μm of mesh and maintained at bottles with alcohol 70ºGL, to posterior processing and identification. The obtained results were to helmints Capillaria sp. (P=36,67%; A=0,80; MI=2,18) at esophagus and crop mucosa Capillaria sp. (P=83,33%; A=5,50; MI=6,60) at the cecums, Epomidiostomum sp. (P= 86,67%; A=4,27; MI=4,92) at the gizzard mucosa, Strongyloides minimum (P=30%; A=0,90; MI=3,00) at the small intestine (SI-3ª portion) and Tetrameres sp. (P=73,33%; A=4,10; MI=5,59) at the oesophagous and proventriculus (Nematoda Phylum); Apatemon gracilis (P=10%; A=0,63; MI=6,33) at the SI (1ª portion), Dendritobilharzia pulverulenta (P=40%; A=0,67; MI=1,67) at the heart and carcass, Echinoparyphium recurvatum (P=30%; A=2,63; MI=8,78) at SI (1ª, 2ª e 3ª portion), Echinostoma revolutum (P=13,33%; A=0,33; MI=2,50) at SI (3ª portion), Eucotyle warreni (P=20%; A=0,33; MI=1,67) at kidneys, Notocotylus sp. (P=13,33%; A=0,63; MI=4,75) at cecums, Typhlocoelum cucumerinum (P=30%; A=0,37; MI=1,22) at the trachea and Zygocotyle lunatum (P=80%; A=2,07; MI=2,58) at the cecums (Trematoda Class); Cloacotaenia megalops (P=90%; A=4,70; MI=5,22) at cloaca (Cestoda Class). The obtained results for ectoparasites were Insecta Class, Phthiraptera Order, Menoponidae Family– Holomenopom leucoxanthum (P=96,67%; A=19,77; IM=20,45), Trinoton querquedulae (P=83,33%; A=3,93; MI=4,72); Philopteridae Family – Acidoproctus fuligulae (P=96,67%; A=12,90; MI=13,34), Anatoecus icterodes (P=60%; A=2,40; MI=4,0), Anaticola chaetodens (P=16,67; A=0,23; MI=1,40) and in the Arachnida Class, Acari Order, Rhinonyssidae Family – Rhinonyssus rhinolethrum (P=16,67; A=1,23; MI=7,40).
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/11470
Arquivos Descrição Formato
000613321.pdf (878.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.