Repositório Digital

A- A A+

Representações acerca da maternidade no contexto da depressão pós-parto

.

Representações acerca da maternidade no contexto da depressão pós-parto

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Representações acerca da maternidade no contexto da depressão pós-parto
Outro título Representations concerning motherhood in postpartum depression context
Autor Sousa, Daniela Delias de
Prado, Luiz Carlos
Piccinini, Cesar Augusto
Resumo O presente estudo investigou as representações acerca da maternidade no contexto da depressão pós-parto. Participaram do estudo duas mães encaminhadas para a realização de uma psicoterapia breve pais-bebê devido à presença de depressão no primeiro ano de vida de suas filhas. Entrevistas de avaliação realizadas antes da psicoterapia foram analisadas a partir dos quatro eixos interpretativos que constituem a constelação da maternidade, proposta por Stern (1997): vida-crescimento; relacionar-se primário; matriz de apoio; e reorganização da identidade. Nos relatos de ambas as mães apareceram representações acerca do sentimento de não ser capaz de cuidar do bebê logo após o nascimento, de ser pouco apoiada pelo companheiro, bem como uma reavaliação do relacionamento com suas próprias mães e com seus cônjuges. Verificou-se também que as representações de cada mãe apontaram para uma estreita associação entre seus conflitos pregressos e a interação atual com o marido e com o bebê.
Abstract The present study investigated the representations concerning motherhood in the context of postpartum depression. The study sample was composed by two mothers referred to a brief parent-infant psychotherapy due to depression during the first year of their daughters’ life. Interviews of evaluation carried out before psycotherapy were analyzed according to four interpretative axes of the motherhood constellation proposed by Stern (1997): life-growth; primary relatedness; supporting matrix; and identity reorganization. In the stories of both mothers there were representations concerning the feeling of not being capable to take care of their baby after birth, of being little supported by their husbands, as well as a reevaluation of the relationship with their own mothers and spouses. It was verified that the representations revealed a close association between their past conflicts and the current interaction with the husband and with the baby.
Contido em Psicologia : reflexão e crítica. Vol. 24, n.2 (2011), p. 335-343.
Assunto Depressão pós-parto
Relação mãe-bebê
[en] Maternal representations
[en] Mother-infant interaction
[en] Postpartum depression
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/114751
Arquivos Descrição Formato
000939014.pdf (172.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.