Repositório Digital

A- A A+

Indicadores da preocupação materna primária na gestação de mães que tiveram parto pré-termo

.

Indicadores da preocupação materna primária na gestação de mães que tiveram parto pré-termo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Indicadores da preocupação materna primária na gestação de mães que tiveram parto pré-termo
Outro título Indicators of primary maternal preoccupation in gestation of mothers which had preterm birth babies
Autor Esteves, Carolina Marocco
Anton, Márcia Camaratta
Piccinini, Cesar Augusto
Resumo Preocupação materna primária (PMP) é um conceito winnicottiano e se refere ao estado psicológico da mãe no qual sua sensibilidade em relação ao filho torna-se exacerbada. Tem início na gestação e estende-se às primeiras semanas após o parto. O objetivo deste estudo é relatar uma investigação sobre os indicadores da PMP na gestação de mães que tiveram bebês pré-termo. Participaram do estudo quatro mães com problemas clínicos na gestação, cujas idades variaram entre 22 e 28 anos, sendo todas casadas. Os bebês não apresentaram complicações clínicas sérias. Foi utilizado um delineamento de estudo de caso coletivo para o levantamento de indicadores da PMP com base em algumas categorias. A análise de conteúdo qualitativa revelou que a possibilidade do parto pré-termo parece ter intensificado a ansiedade dessas mães que estavam em processo de desenvolvimento da PMP. Porém observou-se que, com a assimilação de sua condição de saúde e da gestação, as participantes conseguiram desenvolver bons indicadores desse estado materno.
Abstract Primary maternal preoccupation (PMP) is a concept winnicottiano and refers to psycho- logical state of the mother, when her sensitivity in relation to her baby becomes exacerbated. #is state starts early in pregnancy, extending through the first weeks after birth. #e aim of this study is to investigate indicators of PMP in the pregnancy of mothers who had preterm birth babies. Four mothers participated in the study. All mothers had clinical problems in pregnancies. #eir ages were between 22 and 28 years old and all of them were married. #e babies did not present serious clinical complications. A collective case-study design was used, based on some categories. Content analysis indicated similarities between the cases, showing that the possibility of preterm birth brought more distress to the mothers whom were in process of establishing primary maternal preoccupation. However, observed that with the assimilation of their health condition and pregnancy, participants were able to develop good indicators of this maternal state.
Contido em Psicologia clínica. Rio de Janeiro, RJ. Vol. 23, n.2 (2011), p. 75-99.
Assunto Emoção
Nascimento prematuro
Relação mãe-criança
[en] Gestation
[en] Premature birth
[en] Primary maternal preoccupation
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/114779
Arquivos Descrição Formato
000939040.pdf (218.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.