Repositório Digital

A- A A+

Análise descritiva dos indicadores da avaliação externa do 1° ciclo do PMAQ referente às equipes de saúde bucal

.

Análise descritiva dos indicadores da avaliação externa do 1° ciclo do PMAQ referente às equipes de saúde bucal

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise descritiva dos indicadores da avaliação externa do 1° ciclo do PMAQ referente às equipes de saúde bucal
Autor Oliveira, Alejandra Pietro de
Orientador Bavaresco, Caren Serra
Data 2014
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Especialização em Saúde Coletiva e Educação na Saúde.
Assunto Atenção primária à saúde
Resumo Atenção Primária a Saúde é uma forma de organização dos serviços de saúde, tendo como perspectiva as necessidades em saúde da população. Há anos o Ministério da Saúde vem desenvolvendo a Estratégia Saúde da Família como modalidade prioritária para a reorganização dos serviços de Atenção Primária em todo o Brasil. Porém, não pode desconsiderar que ainda há um grande contingente de serviço, distribuídos diferentemente em todo o país. A inserção da Equipe de Saúde Bucal na Estratégia Saúde da Família representa uma oportunidade de mudança no processo de trabalho na Atenção Básica. O modelo de atenção pautado na lógica da ESF aponta para o trabalho em equipe multiprofissional e a integralidade da atenção, através de ações que valorizam o acolhimento, o vínculo com a população e as ações continuadas de saúde. A avaliação da Atenção Básica e saúde bucal tem papel importante no cenário nacional, com a criação do PMAQ-AB, Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica. O objetivo geral do trabalho é realizar uma análise descritiva quantitativa dos indicadores da avaliação externa contidos no Módulo II do instrumento de 2012, com ênfase no perfil do profissional de saúde bucal e processo de trabalho das equipes de Saúde Bucal, revisitando as orientações descritas na Política Nacional de Atenção Básica e de Saúde Bucal e correlacionando os achados com as regiões do país e modelo de atenção à saúde das equipes. Os dados da equipe de Saúde da Família com saúde bucal são próximos aos da equipe de Atenção Básica (parametrizada) com saúde bucal. Assim, algumas práticas exercidas pelas equipes de saúde bucal ainda apresentam dificuldades para se efetivarem. Para promover as mudanças desejadas, é necessário investir na Estratégia Saúde da Família, principalmente na qualificação do acesso e na formação profissional, incluindo o reconhecimento dos especialistas na área da APS e a efetivação dos programas de educação continuada.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/114782
Arquivos Descrição Formato
000954348.pdf (607.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.