Repositório Digital

A- A A+

Passaporte : um livro de viagens : poéticas do deslocamento em experiências lúdico-pedagógicas

.

Passaporte : um livro de viagens : poéticas do deslocamento em experiências lúdico-pedagógicas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Passaporte : um livro de viagens : poéticas do deslocamento em experiências lúdico-pedagógicas
Autor Andrade, Rafaéli Knabach
Orientador Hofstaetter, Andrea
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Curso de Artes Visuais: Licenciatura.
Assunto Arte : Ensino
Deslocamento
Jogos
Resumo Este trabalho de conclusão de curso, discorre sobre a utilização de propostas lúdicas, especialmente o jogo, como recurso metodológico para o ensino da arte, na expectativa de que um ensino pautado na busca do viver uma experiência por vias do desejo possa atrair os alunos e proporcionar uma aprendizagem prazerosa. Apresenta um jogo elaborado e aplicado em sala de aula e as pesquisas perpassadas para a construção deste. O jogo consiste em um Caça ao Tesouro, cujo objetivo é encontrar o Passaporte de Ulisses, livro de artista da artista Lenir de Miranda. O jogo propõe um percurso de deslocamento pela escola desenvolvendo temáticas do conceito de viagem e o refletir através da solução de enigmas formados a partir da obra Passaporte de Ulisses. Toda a proposta tem como base a narrativa da história de Ulisses atribuída ao poeta grego Homero. Portanto, são trazidas reflexões acerca da experiência da aventura em um processo de viagem e deslocamento, ou seja, o espaço que percorremos em um determinado espaço de tempo e as experiências que nele vivemos. Para refletir sobre os temas trabalhados, são apresentados como referenciais artísticos, o trabalho do artista Walter de Maria que trabalha a arte como uma experiência de deslocamento a espaços distantes, Nelson Félix que propõem um deslocamento de ordem mental atribuindo longos períodos de tempo e espera em suas obras, evocando assim a imaginação e ainda Lenir de Miranda que tem como referencial para a sua arte a figura literária de Ulisses, e cujo trabalho Passaporte de Ulisses é central para a formação do jogo que será descrito. São trazidos também como referencias teóricos o pensamento de Johan Huizinga sobre o tema do jogo e Walter Benjamin e Jorge Larossa sobre a questão da experiência.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/114818
Arquivos Descrição Formato
000949378.pdf (9.742Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.