Repositório Digital

A- A A+

O papel da estimulação ortodrômica simultânea dos nervos mediano-radial no diagnóstico da síndrome do túnel do carpo

.

O papel da estimulação ortodrômica simultânea dos nervos mediano-radial no diagnóstico da síndrome do túnel do carpo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O papel da estimulação ortodrômica simultânea dos nervos mediano-radial no diagnóstico da síndrome do túnel do carpo
Autor Rodrigues, Thaís
Orientador Schestatsky, Pedro
Co-orientador Winckler, Pablo Brea
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas.
Assunto Eletrodiagnostico
Nervo mediano
Nervo radial
Síndrome do túnel carpal
[en] Carpal tunnel syndrome
[en] Electrodiagnostic
[en] Median nerve
[en] Radial nerve
Resumo Base teórica A síndrome do túnel do carpo (STC) é uma lesão compressiva nervosa mais comum que afeta o nervo mediano observada na prática clínica. Existem muitas técnicas eletrofisiológicas para diagnosticar a STC, mas a maioria dispende muito tempo, é dolorosa e tem sensibilidade variada. Objetivo Avaliar a acurácia de um método eletrofisiológico de investigação da STC e correlaciona-lo com aspectos clínicos. Métodos Pacientes do ambulatório de Neurologia com critérios clínicos para STC foram submetidos a uma bateria de testes clínicos e neurofisiológicos. Primeiramente, nós aplicamos o Questionário de Síndrome do túnel do Carpo de Boston e Escala visual analógica (EVA). Após, realizamos o método eletrofisiológico convencional de avaliação sensitiva do nervo mediano e ulnar. Posteriormente, outro médico eletrofisiologista, cegado para as avaliações anteriores, realizou a técnica de estimulação simultânea dos nervos mediano e radial no polegar com registro simultâneo de ambos potenciais na região punho. Os dados foram agrupados em STC leve, moderada e grave, baseados na latência motora do nervo mediano. Resultados A latência entre picos (LEP), obtida pela técnica em estudo, foi diferente entre os grupos baseados na classificação de gravidade da STC (Bonferroni; p<0.001). A velocidade de condução nervosa sensitiva do nervo mediano, obtida através da técnica standard, apresentou também diferentes valores entre os grupos. Houve correlação entre LEP e velocidade de condução nervosa sensitiva do mediano (Sperman; r=-0.52; p<0.01), bem como entre LEP e velocidade de condução nervosa sensitiva do mediano com o desconforto causado pela STC mensurado pela Escala visual analógica (EVA). A duração e o desconforto causado pela técnica de estimulação simultânea do nervo mediano e radial estão reduzidos quando comparados com a técnica padrão (t Student; p< 0.001 para as duas comparações). Conclusão A técnica de estimulação simultânea do nervo mediano e radial é acurada, sensível, tolerável e não somente útil no diagnóstico da STC, mas também na definição da gravidade. Então, seu uso deve ser encorajado na prática clínica.
Abstract Background Carpal tunnel syndrome (CTS) is the most common nerve entrapment observed in clinical practice affecting the median nerve at the wrist level. There are many electrophysiological ways to diagnose CTS, but most of them are time consuming, painful and have variable sensitivity. Objective To evaluate the accuracy of an electophysiologic method of CTS investigation and to correlate it with clinical symptoms. Methods Patients at the clinic outpatient Neurology with CTS clinical criteria underwent a battery of clinical and neurophysiological tests. First, we applied the Boston Carpal Tunnel Syndrome Questionnaire (BCTQ) and Visual analogue scale (VAS). After, we performed a standard method of analysis of the median and ulnar nerves. Posteriorly, a blinded neurophysiologist performed an orthodromic median-radial nerve simultaneous stimulation at the thumb with recording of both action potentials at the lateral aspect of the wrist. Data were grouped for mild, moderate and severe CTS, based on median motor latency. Results The interpeak latency (IPL), obtained with study technique, was different in groups based on CTS classification severity (Bonferroni. p<0.001). The median nerve conduction velocity, obtained with the standard approach, was also of different level among groups. There were correlation between IPL and median nerve conduction velocity (Sperman; r=-0.52; p<0.01), as well as, there was a significant correlation between IPL and median nerve conduction velocity with the discomfort caused by CTS and measured with VAS. However, the duration and unpleasantness caused by median-radial nerve simultaneous stimulation technique were reduced when compared to standard approach (t Student <0.001 for both comparisons). Conclusion The orthodromic median-radial nerve simultaneous stimulation technique is accurate, sensitive, tolerable and not only useful for CTS diagnosis but also for its severity assessment. Therefore, its use should be encouraged in clinical practice.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/115049
Arquivos Descrição Formato
000954672.pdf (1.118Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.