Repositório Digital

A- A A+

Funcionalidades para sistemas de registro eletrônico em saúde na atenção primária à saúde

.

Funcionalidades para sistemas de registro eletrônico em saúde na atenção primária à saúde

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Funcionalidades para sistemas de registro eletrônico em saúde na atenção primária à saúde
Autor Busato, Cristiano
Orientador Knauth, Daniela Riva
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia.
Assunto Atenção primária à saúde
Registros eletrônicos de saúde
Sistemas computadorizados de registros médicos
Sistemas de registro de ordens médicas
[en] Computerized
[en] Electronic health records
[en] Electronic health records systems
[en] Medical records systems
[en] Primary health care
Resumo Os Sistemas de Registro Eletrônico em Saúde (S-RES) permitem manipular e analisar um grande volume de dados e informações de saúde. O desenvolvimento, disponibilização e uso de funcionalidades para S-RES pode beneficiar tanto os profissionais de saúde como os pacientes. Estes sistemas devem ser próprios para o contexto onde serão utilizados, podendo estar voltados a diferentes áreas da saúde, assim como para diferentes níveis de atenção à saúde. Para o usuário final, a adequação do S-RES é avaliada pela qualidade em uso que resulta, principalmente, da funcionalidade, confiabilidade, usabilidade e eficiência do sistema. O termo funcionalidade designa o aspecto do sistema computacional que retrata as funções necessárias para a resolução de problemas dentro de um determinado contexto de uso. A funcionalidade se refere àquilo que um programa faz e, no caso de software interativo, o que ele deve oferecer para seus usuários. Frente a este contexto, a presente dissertação se propõe a identificar, através da literatura e de documentos de referência sobre o tema, as funcionalidades para os S-RES com potencial de apoiar os profissionais de saúde na prestação do cuidado ao paciente na Atenção Primária à Saúde (APS). Nenhuma das listas de funcionalidades existentes na literatura é específica para S-RES para APS. Foi realizada uma revisão da literatura nas principais bases de dados da área da saúde. Para a extração das funcionalidades, foram selecionados os documentos mais relevantes e que eram referência para os demais materiais consultados. As funcionalidades apresentadas pelos documentos foram compiladas e formatadas em uma planilha eletrônica de maneira que pudessem ser utilizadas para seleção de funcionalidades para um S-RES para APS. As funcionalidades identificadas foram categorizadas e agrupadas por similaridade de aplicação em sete categorias relacionadas ao contexto de trabalho na APS. Três documentos foram utilizados para a seleção das funcionalidades. A análise das funcionalidades identificadas evidenciou a predominância de funcionalidades relacionadas a aspectos clínicos da prestação do cuidado dos pacientes. De um total de 145 funcionalidades, 91 (62,8%) foram classificadas como de “manejo clínico do paciente”, grande parte dessas voltadas para o diagnóstico e tratamento clínico, como também para o apoio à decisão clínica. O conjunto de funcionalidades relacionadas à “prevenção” e às classificadas como de “educação em saúde e comunicação com o paciente” representaram juntas apenas 20% do total, com respectivamente 11,7% e 8,3% do total de funcionalidades identificadas. Importantes funcionalidades para S-RES de APS que consideram as perspectivas e preferências do paciente e de sua família em relação à saúde, e ainda, o relacionamentos entre os sujeitos, foram classificadas como “aspectos subjetivos e familiares” e representaram 4,8% do total de funcionalidades de APS. Por fim, é possível reconhecer que a maioria das funcionalidades para S-RES adequadas ao contexto da APS está direcionada ao manejo clínico dos pacientes. São poucas as funcionalidades que contemplam as demais dimensões do trabalho em APS e que favorecem uma compreensão da pessoa de modo integral.
Abstract Electronic Health Records (EHR) systems allow to manipulate and analyze large volumes of data and health information. The development , availability and use of features for EHR systems can benefit both health professionals and patients. These systems shall be suitable to the context where they will be used, or can be directed to different areas of health, as well as different levels of health care. For the end user, the adequacy of the EHR systems is evaluated for quality in use which results mainly from the: functionality, reliability, usability and system efficiency. Functionality refers to the aspect of the computer system that represents the functions required to solve problems within a specified context of use. Functionality refers to what a program does and, in the case of interactive software, what it must offer to its users. Facing this context, this thesis aims to identify, through literature and reference documents on the subject, the functionality for the EHR systems with the potential to support health professionals in the provision of patient care in Primary health Care (PHC). None of functionalities lists existing in the literature is specific to EHR systems for PHC. A literature review was conducted in the main bases of health care data. For the extraction of functionalities, the most relevant documents were selected and they were reference for other found materials. The functionalities presented by the documents were compiled and formatted in a electronic spreadsheet. So it could be used for selection of functionalities for an EHR systems for PHC. The identified functionalities were categorized and grouped by similarity application in seven categories related to the work context in PHC. Three documents were used for selection of functionalities. The analysis of the identified functionalities showed the predominance of functionalities related to clinical aspects of the provision of patient care. The total of 145 functionalities, 91 (62.8%) were classified as "clinical management of patients", most of these focused on the diagnosis and treatment, but also to clinical decision support. The group of functionalities related to "prevention" and classified as "health education and communication with the patient" together accounted for only 20% of the total, respectively 11.7% and 8.3% of the identified functionalities. Important functionalities to EHR systems for Primary Healh Care which regard the perspectives and preferences of patients and their families in relation to health, and also the relationships between the subjects were classified as "subjective and family aspects" and represented 4.8% of total PHC functionalities. Finally, it is possible to recognize that most of the appropriate EHR systems functionalities to the context of Primary Health Care is directed to the clinical management of patients. There are few functionalities that contemplate other dimensions of Primary Health Care work and support a comprehension of the person as a whole.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/115081
Arquivos Descrição Formato
000953386.pdf (2.566Mb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.