Repositório Digital

A- A A+

Análise qualitativa e quantitativa das fibras colágenas na hérnia inguinal indireta

.

Análise qualitativa e quantitativa das fibras colágenas na hérnia inguinal indireta

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise qualitativa e quantitativa das fibras colágenas na hérnia inguinal indireta
Autor Casanova, Antonio Britto
Orientador Trindade, Manoel Roberto Maciel
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Cirurgia.
Assunto Hérnia inguinal
Resumo Os autores apresentam um estudo de caso-controle, no qual foram colhidas amostras de fáscia transversal; na região inguinal, em 26 pacientes, entre 20 e 60 anos de idade, masculinos, com hérnia inguinal indireta, coletadas no momento da correção cirúrgica, em pacientes operados no Hospital Geral de Caxias do Sul, e comparadas com amostras do mesmo tecido, retiradas de 26 cadáveres sem hérnia, masculinos, entre 20 e 60 anos de idade, não formolizados, no Instituto Médico-Legal de Caxias do Sul. Utilizaram-se as técnicas de coloração com hematoxilina-eosina e com picrosirius para determinar os elementos constitutivos e a quantificação do percentual de colágeno total e percentual de fibras colágenas tipos I e III nas amostras de fáscia transversal. As lâminas de picrosirius foram submetidas à observação no microscópio ótico com lentes de polarização, e foram realizadas leituras em cinco campos aleatórios de médio aumento (100x). A média de proporção do tecido polarizado e as características de birrefringência em cada campo foram anotadas. Os resultados mostraram que as quantidades de colágeno total eram 17,3% menores nos pacientes com hérnia inguinal indireta, quando comparados com o grupo-controle de cadáveres sem hérnia (p<0,01). Assim, como o percentual de fibras colágenas tipo I nos pacientes com hérnia inguinal indireta apresentou resultado 23,7% menor que o grupo- controle (p<0,01); e com relação ao percentual de fibras colágenas tipo III, a diferença entre as médias foi 6,4% menor no grupo-controle (p<0,01). Os autores sugerem que os percentuais menores de colágeno total e colágeno tipo I na fáscia transversal de pacientes com hérnia inguinal indireta poderiam ser um dos fatores na formação dessas hérnias.
Abstract The authors present a case-control study where samples of transversal fascia from 26 male patients with indirect inguinal hernia and from 26 unformalized male cadavers without hernias were compared. The samples were stained for hematoxiline-eosine and Picrosirius to determine the constituent elements and quantification of the percentage of total collagen as well as of the percentage of Type I and Type III collagen fibers. The picro sirius sheets were submitted to observation through polarization lenses on the optical microscope and readings were carried out in five random fields at medium augmentation (100x) The average proportion of the polarized tissue and the characteristics of birefringence in each field were noted. The results showed that the quantities of total collagen were 17, 3% reduced on patients who bore indirect inguinal hernias when compared to the control group of cadavers without hernias (p<0,01). Just as the percentage of Type I collagen fibers of patients with indirect inguinal hernias showed a result 23,7% lesser than that of the control group (p<0,01),and regarding the percentage of Type III collagen fibers, the difference between the averages was 6,4% lesser in the control group (p<0,01). These results suggest that the lesser percentages of total collagen and Type I collagen from the transerval fascia of patients with indirect inguinal hernias could be one of the factors of hernia formation.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/11509
Arquivos Descrição Formato
000616193.pdf (2.244Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.