Repositório Digital

A- A A+

Diagnósticos diferenciais de hérnias umbilicais em Suínos no abate

.

Diagnósticos diferenciais de hérnias umbilicais em Suínos no abate

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Diagnósticos diferenciais de hérnias umbilicais em Suínos no abate
Outro título Differential diagnoses of umbilical hernias in slaughter pigs
Autor Zanchin, Fabiane
Orientador Barcellos, David Emilio Santos Neves de
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Abate
Diagnostico diferencial
Hernia umbilical
Segurança alimentar
[en] Differential diagnosis
[en] Slaughter
[en] Swine
[en] Umbilical hernia
Resumo Existe a necessidade de um diagnóstico preciso sobre a causa dos aumentos de volume na área umbilical de suínos por ocasião do abate, para que sejam adotados critérios adequados durante a inspeção das carcaças. Foi realizada uma avaliação deste tipo e alterações foram observadas e retiradas da carcaça, para abertura e categorização. Através da descrição das características anatomopatológicas externas e internas, e classificadas as diferentes formas de aumento de volume na região umbilical. Foram diagnosticados 515 aumentos de volume entre 96.599 suínos abatidos (0,53%), destes 235 foram avaliados e categorizadas 19 condições patológicas, com diversos tipos de associações. Os diagnósticos obtidos foram: hérnias umbilicais, flaps, cistos, fibrose e abscessos. Hérnias, associadas ou não, representaram o diagnóstico mais frequente, 155 casos. A seguir foram os "flaps", cistos, fibrose e abscessos, respectivamente. No exame histopatológico do saco herniário, foi observada proliferação de tecido conjuntivo denso, adjacente à área de tecido conjuntivo frouxo, revestida por mesotélio. Ainda, áreas de necrose, mineralização e hemorragia focalmente extensa. A composição dos flaps foi basicamente tecido conjuntivo frouxo com acentuada quantidade de formações vasculares, revestido por mesotélio. Os cistos apresentaram proliferação de tecido conjuntivo frouxo com acentuada quantidade de formações vasculares e dilatações císticas com material amorfo eosinofílico no interior, revestido por mesotélio e proliferação de tecido conjuntivo denso perifericamente com área focal de infiltrado de linfócitos. Em relação ao destino das 235 carcaças, 135 (57,44%) foram liberadas para mercado interno, 91 (38,72%) submetidas ao tratamento térmico e 9 (3,82%) enviadas à graxaria. Durante a análise dos casos de aumento de volume na área umbilical pela inspeção federal, não foram adotados os critério de condenação considerando a caracterização precisa das lesões, proposta no presente trabalho. A adoção dos mesmos poderia contribuir para a redução de perdas, sem comprometer critérios que visam a garantir a segurança alimentar.
Abstract It is important to reach a precise diagnosis of causes of increase in the volume in the umbilical area of pigs at slaughter, to enable decisions on the use of adequate criteria of carcass inspection. A study to evaluate this problem was carried out observing and removing lesions from the carcass to dissection and characterization. Through description of internal and external anatomopathologic characteristics, different forms of increase in the volume in the umbilical area were classified. Between 96,599 carcasses, 515 increases in the volume were diagnosed (0,53%), among them 235 were assessed and categorized and 19 pathological conditions with different associations were found. The main diagnosis were: umbilical hernias, flaps, cysts, fibrosis and abscesses. Hernias, in isolation or in association, were the most frequent diagnosis, 155. The following were the "flaps", cysts, abscesses and fibrosis, respectively. Using histopathological examination of the hernial sac, it was found proliferation of dense conjunctive tissue, adjacent to an area of loose conjunctive tissue, covered by mesothelium. Additionally, areas of necrosis, mineralization and focally extensive hemorrhage. The composition of flaps was basically loose conjunctive tissue with decreased amount of vascular formations, covered by mesothelium. Cysts showed proliferation of loose connective tissue with accentuated amount of vascular formations and with amorphous eosinophilic material inside, covered by mesothelium and proliferation of dense connective tissue with focal areas of inflammatory infiltrate composed by lymphocytes in the periphery. With respect to the destiny of the 235 carcasses, 135 (57,44%) were released for consumption in the internal market, 91 (38,72%) submitted to heat treatment and 9 (3,82%) sent to meat-and-bone-meal production. During the analysis of cases of increase in the volume in the umbilical area by the Federal Inspection, criteria proposed in the present work were not fully adopted. Its use could contribute to reduce unnecessary losses, without compromising a criterion which would maintain guarantees of food safety.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/115189
Arquivos Descrição Formato
000956645.pdf (636.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.