Repositório Digital

A- A A+

Freud e Musil - ou - psicanalista contra vontade

.

Freud e Musil - ou - psicanalista contra vontade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Freud e Musil - ou - psicanalista contra vontade
Outro título Freud and Musil - or - psychoanalist against the will
Autor Rosenfield, Kathrin Holzermayr Lerrer
Abstract This article approaches the ambivalent relations between Musil and Freud. It proceeds in three sections. The first analises the spontaneous psychoanalytical intuitions Musil exposes in his first novel, The confusions of young Törless. The psychological insights of the novelist accompany and also anticipate the discoveries of the father of psychoanalysis. The second section exposes the seminal studies of Corino and Henninger (among other authors) who see Musil’s reserved attitude towards Freud as a symptomatic resistence and interpret the unconscious determination of his work. The third exposes other reasons (aesthetic and theoretical arguments) which explain the author’s reluctance, without excluding the resistencetheory. Musil has a vast scientific and mathematical, philosophical and aesthetic framework of references which differs from psychoanalysis. It emerges in his project which underpins the novels Nupcias (Musil’s second work after Törless).
Resumo Este artigo sobre as relações ambivalentes entre Musil e Freud procede em três etapas. Na primeira, analisamos as intuições psicanalíticas de Musil no seu primeiro romance, O jovem Törless. Os insights psicológicos do romancista acompanham e antecipam as descobertas clínicas do pai da Psicanálise. A segunda se debruça sobre os trabalhos seminais (Corino, Henninger, entre outros) que veem as reservas de Musil diante de Freud como resistências sintomáticas e evidenciam a determinação inconsciente de sua obra. A terceira expõe outras razões (estéticas e teóricas) para a reserva do artista. Estas não excluem, mas se adicionam às resistências sintomáticas. Musil dispõe de um referencial científico e matemático, filosófico e estético diferente da Psicanálise; ele se manifesta no projeto sui generis das novelas Uniões (a segunda obra de Musil após o Törless).
Contido em Pandaemonium germanicum : revista de estudos germanísticos. São Paulo, SP. Vol. 15, n. 20 (dez. 2012), f. 78-117
Assunto Freud, Sigmund 1856-1939.
Literatura
Musil, Robert 1880-1942.
Psicanálise
[en] Aesthetic project
[en] Nupcias
[en] Törless
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/115206
Arquivos Descrição Formato
000955710.pdf (415.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.