Repositório Digital

A- A A+

Avaliacao neurologica e do desenvolvimento de criancas hiv positivas

.

Avaliacao neurologica e do desenvolvimento de criancas hiv positivas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliacao neurologica e do desenvolvimento de criancas hiv positivas
Autor Silva, Carmem Lucia Oliveira da
Orientador Rotta, Newra Tellechea
Data 1998
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Curso de Pós-Graduação em Pediatria.
Assunto Criança
Manifestações neurológicas
Síndrome de imunodeficiência adquirida
Resumo Os primeiros trabalhos mostrando as alterações neurológicas em pacientes com SIDA foram realizados em adultos e datam de 1983. Em crianças, as publicações iniciais relatando encefalopatia associada a SIDA surgiram em 1984. O crescente número de crianças HIV e a ausência de relatos da evolução desses pacientes, em nosso meio, motivou essa pesquisa que procura avaliar o desenvolvimento neuropsicomotor e a prevalência de comprometimento neurológico dessas crianças. Para estudar as alterações neurológicas em uma amostra de 114 crianças HIV foram avaliados os resultados dos exames físicos e neurológicos e dos achados liquóricos a cada três meses durante um ano. Eletrencefalogramas e tomografias computadorizadas cerebrais foram realizadas no início do acompanhamento e doze meses após, fazendo parte da avaliação de rotina desses pacientes. A análise dos nossos resultados mostram que em todos os parâmetros estudados foi significativa a diferença entre crianças infectadas e não infectadas. Existe relação entre alteração neurológica na primeira consulta e evolução para encefalopatia (68,3%). O retardo de desenvolvimento neuropsicomotor mostrou uma tendência para evolução à encefalopatia. Houve associação significativa entre ser infectado e ter alterações no líquido cefalorraquidiano, eletrencefalograma, tomografia computadorizada cerebral e avaliação neurológica. Foi encontrada associação entre usar AZT e melhor evolução.
Abstract The first descriptions of neurologic abnormalities in AIDS patients were done in adults in 1983. In children, the initial publications describing AIDS associated encephalopathy appeared in 1984. The increasing number ofHIV+ children and the absence of reports of these patients' evolution in our population prompted this study to evaluate the neuropsychomotor development and prevalence of neurologic impairment of these children. To study the neurologic abnormalities in a sample of 114 HIV children/ we evaluated the results of neurologic and general examinations as well as cerebro spinal fluid findings every three months during one year. Electroencephalograms and brain computerized tomography were done at baseline and in twelve months, being part o f the routine evaluation o f these patients. Our results show a significant difference between infected and non-infected children in ali parameters. There was a relation between neurologic changes in the first visit and development of encephalopathy (68,3%). Neuropsychomotor developmental delay was associated with a tendency to envolve to encephalopathy. There was a significant association between being infected and having abnormalities in the cerebro spinal fluid, electroencephalogram, brain computerized tomography and neurologic evaluations. W e found an association between AZT use and favorable evolution.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/115313
Arquivos Descrição Formato
000225794.pdf (15.74Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.