Repositório Digital

A- A A+

Caracterização de mapas legados de solos : uso de indicadores em mapas com diferetens escalas no Rio Grande do Sul

.

Caracterização de mapas legados de solos : uso de indicadores em mapas com diferetens escalas no Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Caracterização de mapas legados de solos : uso de indicadores em mapas com diferetens escalas no Rio Grande do Sul
Outro título Characterization of legacy soil maps : use of Indicators in maps at different scales in Rio Grande do Sul
Autor Sarmento, Eliana Casco
Giasson, Elvio
Weber, Eliseu Jose
Flores, Carlos Alberto
Rossiter, David Goodrich
Hasenack, Heinrich
Resumo Mapas convencionais de solos têm adquirido importância crescente como entrada para diversas aplicações, muitas vezes sem levar em conta a sua qualidade deles. O objetivo deste estudo foi descrever e comparar mapas de solos usando indicadores quantitativos de fácil determinação. Foram utilizados nove mapas elaborados em diferentes escalas no Rio Grande do Sul e o software ArcGIS. Calcularam-se a escala efetiva, o número de polígonos menores que a área mínima mapeável e um índice de complexidade de forma, e quantificaram-se o número de classes taxonômicas, de tipos de solos e de unidades de mapeamento e a fração da área com dados não uniformes. Os resultados evidenciaram que a qualidade de mapas de solos tende a ser inferior ao presumido para sua escala de apresentação, o que demonstra a importância e a necessidade de avaliações prévias ao seu uso. Indicadores computados a partir dos polígonos e da legenda possibilitam avaliação rápida e objetiva, com potencial de aplicação na sistematização e documentação de dados legados de solos no Brasil.
Abstract Conventional soil maps have acquired increasing importance as inputs for various applications, often without regard to their quality. The aim of this study was to assess and compare soil maps using easily determinable quantitative indicators. Nine soil maps (at different scales, from Rio Grande do Sul) and ArcGIS software were used. Effective scale number (NSN), polygons smaller than the minimum legible delineation (MLD), shape complexity index (S), number of taxonomic classes, soil types, mapping units, and proportion of areas with non-uniform data (PND) were computed. Results showed that the quality of legacy soil maps tends to be lower than presumed for their presentation scale, what shows the importance and need for quality assessments prior to using them. Indicators computed from polygons and map legend enable quick and objective assessment, with potential application in systematizing and documenting legacy soil data in Brazil.
Contido em Revista brasileira de ciencia do solo. Viçosa. Vol. 38, n.6 (nov./dez. 2014), p. 1672-1680
Assunto Escala
Mapa
Rio Grande do Sul
[en] Adequacy
[en] Assessment
[en] Quality
[en] Scale
[en] Soil maps
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/115388
Arquivos Descrição Formato
000952788.pdf (311.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.