Repositório Digital

A- A A+

Identificação de práticas de gestão da segurança e saúde no trabalho em obras de construção civil

.

Identificação de práticas de gestão da segurança e saúde no trabalho em obras de construção civil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Identificação de práticas de gestão da segurança e saúde no trabalho em obras de construção civil
Outro título Identification of health and safety managerial practices in construction sites
Autor Bridi, Marcelle Engler
Formoso, Carlos Torres
Pellicer, Eugenio
Fabro, Fabiana
Viguer Castelló, Maria Encarnación
Echeveste, Marcia Elisa Soares
Resumo O setor da construção civil apresenta índices de acidentes de trabalho mais elevados em relação à maioria dos demais setores industriais. Melhorias nas práticas atuais de gestão da segurança e saúde no trabalho (SST) podem trazer benefícios como a preservação da vida humana e o aumento da competitividade das empresas no mercado com a redução dos custos decorrentes de acidentes, multas e embargos. Este artigo apresenta um levantamento e uma avaliação do grau de implementação das práticas de gestão em SST e a identificação das dificuldades na implementação destas práticas e no cumprimento das normas, na perspectiva dos responsáveis pela gestão da segurança em empresas construtoras. Os dados foram coletados através da realização de uma survey, com questionários aplicados nos canteiros de obra de 40 empresas do segmento de edificações residenciais de Porto Alegre (RS). Estes dados foram comparados com os resultados de uma survey similar realizada na Espanha com 20 empresas construtoras. Para analisar e classificar as práticas utilizaram-se técnicas estatísticas de análise de componentes principais e múltiplas respostas. Foram criadas cinco categorias de práticas de gestão da SST, sendo analisadas as práticas individuais mais utilizadas na amostra de empresas. Faz-se também uma comparação entre as categorias de práticas mais utilizadas e a percepção de importância por parte dos gerentes.
Abstract The construction industry has one of the highest occupational accidents rates in comparison to other industrial sectors. Improvements in current health and safety managerial practices can bring benefits such as preserving human life and increasing companies’ competitiveness by the reduction of costs arising from accidents, interdictions, and fines. This article presents a survey on the use of health and safety managerial practices, and on the difficulties for implementing those practices, as well as for being in compliance with safety regulations, from the perspective of the people responsible for safety management in construction companies. Data were collected in the construction sites of 40 construction companies from the residential building sector of Porto Alegre, Brazil. Those data were compared to the results of a similar survey carried out in Spain with 20 construction companies. The principal component analysis, and multiple response analysis techniques were used to analyze and classify the practices. Five categories of safety management practices were proposed, and an analysis of the most used practices in the sample of companies was made. Moreover, a comparison was made between the most adopted categories of practices and the perception of their importance from managers.
Contido em Ambiente construído: revista da Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído. Porto Alegre. Vol. 13, n. 3 (jul./set. 2013), p. 43-58
Assunto Construção civil
Gestão
Saúde do trabalhador
Segurança do trabalho
[en] Best practices
[en] Construction
[en] Management
[en] Occupational safety and health
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/115587
Arquivos Descrição Formato
000940867.pdf (472.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.