Repositório Digital

A- A A+

Papel da educação física : tema transversal em saúde

.

Papel da educação física : tema transversal em saúde

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Papel da educação física : tema transversal em saúde
Outro título Role of physical education : health as a transversal theme
Autor Azambuja, Cati Reckelberg
Orientador Schetinger, Maria Rosa Chitolina
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde.
Assunto Adolescência
Educação em saúde
Ensino de ciências
Estilo de vida
[en] Health
[en] Health education
[en] Physical education
[en] Transdisciplinarity
Resumo Diante da perspectiva de que saúde se faz na escola, a Educação em Ciências pode ser pensada como a responsável pelo estudo de Temas Transversais, como o da Saúde. O objetivo deste estudo foi contextualizar o desenvolvimento do Tema Transversal Saúde no ensino público federal, identificando os comportamentos de saúde de alunos e as percepções dos professores e acadêmicos de Educação Física. A metodologia aplicada foi de corte transversal caracterizou-se por análise descritiva para os dados quantitativos e de conteúdos para as respostas abertas. O grupo de estudo foi composto por: 420 alunos de ensino médio de escolas públicas federais, oito professores de educação física do ensino médio de escolas públicas federais e 16 acadêmicos de licenciatura plena em educação física da instituição pública federal, todos localizados na cidade de Santa Maria, RS. Os instrumentos aplicados ao grupo de alunos foram: Questionário sobre comportamentos de saúde; Questionário de Estilo de Vida Fantástico; Questionário de Nível de Atividade Física Habitual. Aos professores e acadêmicos de Educação Física foi aplicado um instrumento específico sobre Educação em Saúde e Tema Transversal Saúde. A coleta de dados aconteceu em etapas, seguindo a seguinte ordem: alunos do Ensino Médio, professores e acadêmicos de Educação Física. Foi verificado que 72,6% dos alunos estavam com peso adequado. A avaliação do estilo de vida demonstrou que 93,8% dos alunos alcançaram classificação acima de “bom”. O nível de atividade física apontou 98,6% dos alunos como “pouco ativo” e “inativo”. O comportamento preventivo em relação à saúde mostrou que 34,5% realizavam exames bioquímicos, 16,2% verificavam a pressão arterial com regularidade, 46% controlavam os alimentos ingeridos diariamente, 18,8% possuíam conhecimento sobre a síndrome metabólica e 14,3% relataram alguma queixa de saúde, sendo a asma a mais citada. A autopercepção positiva de saúde, representada pelas opções “excelente”, “muito boa” e “boa” foi mencionada por 87,4% dos estudantes, enquanto que a prioridade de saúde, para 52,2% foi “ter bem-estar físico, mental e social”. A avaliação do entendimento dos professores a respeito da Educação em Saúde mostrou que eles relacionam a saúde das pessoas com vários domínios e aspectos da vida. Já, em relação aos Temas Transversais na educação, não houve consenso, sendo citado alguns temas geradores, mas de forma isolada. Quando os acadêmicos foram investigados, estes demonstraram que não possuem conhecimento suficiente para a discussão da temática junto aos alunos. Os alunos de Educação Física compreendem a Educação em Saúde apenas como as questões relacionadas ao estilo e a qualidade de vida saudável, sem conseguirem estabelecer uma transversalidade do tema saúde nos componentes curriculares da disciplina. Conclui-se que os alunos do Ensino Médio, de forma geral, apresentaram nível de atividade física insatisfatório. Em outra perspectiva do estudo, enquanto que os professores foram capazes de dimensionar a importância do desenvolvimento do tema saúde no espaço escolar, os acadêmicos de Educação Física, não foram capazes de dimensionar a sua atuação para o desenvolvimento do Tema Transversal Saúde.
Abstract Faced with the prospect that health is done in school, the Science Education can be thought of as responsible for the study of Transversal Theme, such as health. The aim of this study was to contextualize the development of Health as a Transversal Theme in the federal public education, identifying health behaviors of students and the perceptions of teachers and students of Physical Education. The methodology applied was cross-section characterized by descriptive analysis for quantitative data and content for open answers. The study group was composed of 420 high school students of federal public schools, eight physical education teachers of high school of federal public schools and 16 students of full degree in Physical Education from the federal public institution, all located in the city of Santa Maria, RS. The instruments applied to the group of students were: Questionnaire on health behaviors; Fantastic Lifestyle Questionnaire; Habitual Physical Activity Questionnaire level. Teachers and students of Physical Education a specific instrument of Health Education and Health as a Transversal Theme was applied Data collection took place in stages, according to the following order: High School students, teachers and scholars of Physical Education. It was found that 72.6% of students had adequate weight. The assessment of lifestyle showed that 93.8% of students achieved above classification of "good". The level of physical activity showed 98.6% of the students as "somewhat active" and "inactive". Preventive behavior with regard to health showed that 34.5% had biochemical tests, 16.2% checked the blood pressure regularly, 46% controlled food eaten each day, 18.8% had knowledge of the metabolic syndrome and 14.3 % reported some health complaints, and asthma the most cited. The positive self-perceived health, represented by the "excellent" options, "very good" and "good" was mentioned by 87.4% of students, while health priority, to 52.2% was "having physical well-being, mental and social". Evaluation of understanding of teachers about the Health Education showed that they relate to health of people with various fields and aspects of life. Now, in relation to the Transversal Themes in education, there was no consensus, and cited some generating themes, but in isolation. When the students were investigated, these have shown that lack sufficient knowledge to the subject of discussion with the students. Students of Physical Education, Health Education comprise only matters relating to style and healthy quality of life, without being able to establish a theme of mainstreaming health in the curriculum components of the discipline. We conclude that the high school students, in general, showed unsatisfactory level of physical activity. In another perspective of the study, while the teachers were able to measure the importance of the topic of health development at school, academic Physical Education, were not able to scale its operations to the development of the Transversal Theme.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/115591
Arquivos Descrição Formato
000963455.pdf (2.962Mb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.