Repositório Digital

A- A A+

Paleobiologia sensorial do rincossauro sul-rio-grandense Teyumbaita Sulcognathus (Azevedo e Schultz, 1987)

.

Paleobiologia sensorial do rincossauro sul-rio-grandense Teyumbaita Sulcognathus (Azevedo e Schultz, 1987)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Paleobiologia sensorial do rincossauro sul-rio-grandense Teyumbaita Sulcognathus (Azevedo e Schultz, 1987)
Autor Sales, Marcos André Fontenele
Orientador Schultz, Cesar Leandro
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Paleobiologia
Paleontologia
Rincossauros
Resumo O crânio do espécime UFRGS-PV-0232-T, holótipo de Teyumbaita sulcognathus, foi avaliado no presente trabalho por meio de imagens de tomografia e com o uso do software InVesalius para se obter dados acerca da paleobiologia sensorial dessa espécie de rincossauro. Por meio dessa metodologia foi possível recriar digitalmente um molde da cavidade interna do neurocrânio, bem como de dois dos três canais semicirculares de cada orelha interna. Também foi possível constatar a presença de impressões da parte olfatória do encéfalo desse animal na superfície ventral dos ossos frontais, além de se realizar uma inspeção da morfologia da cavidade nasal. Todos os moldes, as impressões e os aspectos da cavidade nasal são semelhantes aos já figurados na literatura para outro rincossauro, Hyperodapedon gordoni. Para essa espécie, foi inferido um apurado sentido da olfação, o que também pode ser estendido para T. sulcognathus. No entanto, esse estudo julga como inconclusivo o teste da hipótese quanto à presença dos órgãos de Jacobson na cavidade nasal dos rincossauros. Ademais, foi inferido que o sentido da vomerolfação tenha sido pouco desenvolvido nesses animais, o que implica o fato de o comportamento social nesses animais ter requerido uma maior contribuição de outros sentidos, como a visão e o olfato, do que em outros arcossauromorfos basais.
Abstract The skull of UFRGS-PV-0232-T, the holotype of the rhynchosaur Teyumbaita sulcognathus, was restudied in order to gather informations about the sensory paleobiology of this animal. The material was subjected to CT scanning and the CT images obtained were imported into the free software InVesalius. It was possible to digitally reconstruct the cranial endocasts and the casts of two semicircular canals of each inner ear and to analyze the morphology of the nasal cavity. The data gathered was essentially similar to the ones already available in the literature for Hyperodapedon gordoni, and is problable that both taxa had a great sense of smell. In the other hand this work does not support the inferences about the presence of Jacobson’s organs in the snout of these animals and considers this issue as uncertain. Actually, it was inferred that rhychosaurs had a vomerolfaction sense poor developed, what suggests that the social behavior in these animals required a greater contribution of other senses like vision and olfaction than in other basal archosauromorphs.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/115610
Arquivos Descrição Formato
000882230.pdf (1.969Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.