Repositório Digital

A- A A+

Controle e promoção de autonomia : um estudo com professores de instrumento musical

.

Controle e promoção de autonomia : um estudo com professores de instrumento musical

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Controle e promoção de autonomia : um estudo com professores de instrumento musical
Autor Figueiredo, Edson Antônio de Freitas
Orientador Hentschke, Liane
Data 2015
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Música.
Assunto Estilo motivacional
Instrumento musical
Instrumentos musicais : Ensino
Professor de música
Teoria da autodeterminação
[en] Instrumental music teaching
[en] Motivational style
[en] Music teachers
[en] Self-determination theory
Resumo O ensino de instrumento musical é uma prática educativa que mantém vínculos com a tradição de transmissão de conhecimento entre mestre e aprendiz. Contudo, as mudanças ocorridas na sociedade nas últimas décadas trouxeram novas demandas ao ensino de música, implicando na necessidade de um contexto mais flexível de ensino. Neste cenário, o conceito de estilo motivacional possibilita uma discussão atualizada sobre o papel do professor na motivação do aluno, abstraídos por meio de traços característicos para dois estilos antagônicos, chamados de controle e promoção de autonomia. Por meio deste referencial teórico, o objetivo geral do estudo constituiu-se em investigar o estilo motivacional de professores de instrumento que atuam em escolas de música. Como metodologia primeiramente realizou-se a adaptação de uma escala que avalia o estilo motivacional do professor e posteriormente um survey com 358 professores de instrumento musical. Como resultado das propriedades psicométricas da escala constatou-se que não houve adequação ao modelo teórico, porém foi possível sugerir uma nova interpretação dos construtos, considerando controle e promoção de autonomia como fatores ortogonais. Esta interpretação serviu como base para a análise dos dados. Como resultado, as questões de gênero emergiram com um contraste acentuado ao constatar-se que homens possuem maior tendência para o controle. Da mesma forma, as questões trabalhistas relacionam-se com o estilo motivacional, considerando que professores de escola pública tendem a ser mais controladores em relação a professores de escola privada. Variáveis como idade, tempo de atuação e perfil de formação não parecem influenciar o estilo motivacional dos professores de música. Ao final, considera-se que o estilo motivacional do professor de instrumento é influenciado pelas questões de gênero e por questões trabalhistas ligadas a escola de música. Conclui-se também que a interpretação teórica proposta neste trabalho incita a realização de mais estudos que abordem a dinâmica do ensino individual de instrumento musical.
Abstract The instrumental musical education is an educational practice that maintains bonds with the tradition of knowledge transmission between master and apprentice. However, the changes occurred in society in recent decades have brought new demands to music education, implying the need for an education with a context more flexible. In this scenery, the concept of motivational style enables an updated discussion about the teacher's role in the student’s motivation abstracted through featureless for two antagonistic styles, called controlling and autonomy support. Through this theoretical reference, the general objective of this study was set up in investigating the motivational style of instrumental music teachers who work in music schools. In the methodology, first was accomplished an adaptation of a scale that evaluates the teacher’s motivational style and later was conducted a survey with 358 instrumental music teachers. As the psychometric properties results of the scale was found that there was no adjustment to the theoretical model, but we can suggest a new interpretation of the constructs, considering controlling and autonomy support as orthogonal factors. This interpretation was useful for the data analysis. As the result, gender issues emerged with an emphasized contrast when it was noticed that men have a greater tendency to the control. At the same way, the labor issues are related to the motivational style, considering that teachers from a public school tend to be more controlling than teachers from a private school. Variables such as age, work experience and background profile don’t seem to influence the instrumental music teachers’ motivational style. In the end, it is considered that instrumental music teachers’ motivational style is influenced by gender issues and labor issues related to music school. Thus, we also conclude that the theoretical interpretation proposed in this work stimulates the accomplishment for further studies that approach the dynamics of one-to-one music teaching.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/115621
Arquivos Descrição Formato
000964237.pdf (2.739Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.