Repositório Digital

A- A A+

Condições adversas de trabalho e doença mental em abatedouros de aves no sul do Brasil

.

Condições adversas de trabalho e doença mental em abatedouros de aves no sul do Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Condições adversas de trabalho e doença mental em abatedouros de aves no sul do Brasil
Outro título Adverse working conditions and mental illness in poultry slaughterhouses in southern Brazil
Autor Hutz, Claudio Simon
Zanon, Cristian
Brum Neto, Hermindo
Resumo A doença mental é uma das causas atribuídas ao grande número de ausências no trabalho devido à incapacidade no Brasil. Recentemente, os transtornos mentais foram incluídos na lista de doenças profi ssionais do International Labour Offi ce (Departamento Internacional do Trabalho). Apesar da difi culdade em atribuir um nexo de causalidade entre o ambiente de trabalho inadequado e a doença mental, estudos têm mostrado que trabalhadores expostos à altos níveis de estresse são mais suscetíveis a apresentar sintomas psicopatológicos. O presente estudo investigou a relação entre os níveis do fator de personalidade neuroticismo e as condições de trabalho. Os participantes foram 951 trabalhadores de abatedouros de aves do sul do Brasil, que trabalham em funções com níveis variados de risco e estresse. As pontuações de neuroticismo destes funcionários foram comparados com os de outras amostras. Utilizou-se uma escala que mede o fator neuroticismo no modelo do Fator de Personalidade Big Five, validado para uso no Brasil. Os resultados mostraram que os trabalhadores dos setores em que as condições de trabalho são altamente estressantes apresentaram níveis mais elevados em todos os subfactors de neuroticismo do que trabalhadores de outros setores e grupos. Estes setores apresentaram maiores índices de transtornos mentais.
Abstract Mental illness is one of the reasons for the great number of absences from work due to incapacity in Brazil. Recently, mental disorders were included in the list of occupational diseases of the International Labour Offi ce. In spite of the diffi culty in attributing a causal link between an inappropriate work environment and mental illness, studies have shown that workers exposed to high levels of stress are more likely to present psychopathological symptoms. The present study investigated the relationship between working conditions and the Neuroticism personality factor. Participants were 951 workers from southern Brazilian poultry slaughterhouses, who work in positions with varied levels of risk and stress. The neuroticism scores of such employees were compared with those of other samples. A scale which measures the Neuroticism factor in the model of the Big Five Personality Factor validated for use in Brazil was employed. The results showed that workers of the sectors in which the working conditions are highly stressful presented higher levels in all sub-factors of neuroticism than workers in other sectors and groups. These sectors also showed higher indexes of mental disorders.
Contido em Psicologia : reflexão e crítica. Porto Alegre. Vol. 26, n. 2 (2013), p. 296-304.
Assunto Ansiedade
Condições de trabalho
Depressão
Personalidade
Pessoal da indústria e comércio
Transtornos mentais
Vulnerabilidade
[en] Anxiety
[en] Depression
[en] Mental health
[en] Neuroticism
[en] Working conditions
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/115629
Arquivos Descrição Formato
000941977.pdf (415.1Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.